Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

terça-feira, 19 de novembro de 2019

Tesla mostrará pick-up elétrica dia 21 de novembro


Elon Musk já convocou a mídia para o próximo dia 21 de novembro em Los Angeles, perto de sua fábrica do SpaceX. O Salão de Los Angeles servirá ao CEO da Tesla para a apresentação oficial de sua pick-up elétrica. E antes do tempo, já pudemos confirmar tanto seu nome como seu logotipo oficial.

O CEO da Tesla já vem fazendo comentários em sua rede social favorita, o Twitter, sobre a pick-up elétrica já faz algum tempo. Inclusive já mostrou um primeiro teaser deste futuro modelo e já se referiu ao seu design em várias ocasiões. Agora surgem mais informações.
Diversas vezes Elon Musk se referiu à pick-up elétrica da Tesla como Cybertruck, e de fato, há somente alguns dias comentava que, de certo modo, ela seria inspirada em Blade Runner. E efetivamente podemos confirmar que não foi apenas uma forma de chamar o novo lançamento, mas que se trata do nome final com o qual estreará a nível mundial.

Sabemos disso porque surgiu na rede o logotipo oficial do modelo já registrado pela empresa. Optou-se por uma tipografia de estilo futurista e pela eliminação das letras ‘e’, 'u' e ‘c’ do nome: CYBRTRK. Veja as imagens abaixo.O curioso neste nome é que, como no caso do Tesla Semi, se abandona a denominação habitual dos modelos do fabricante. Mas não faz mais do que evidenciar que se trata de um veículo de inclinação comercial, e não um turismo. E quem sabe se, como o Semi, de produção limitada.

Neste momento existem pelo menos outros três modelos em desenvolvimento, os quais o Tesla Cybertruck terá que enfrentar. Um deles é o Ford F-150 elétrico, outro é o Rivian R1T e outro é o Bollinger B2. Uma das grandes vantagens de utilizar um sistema de propulsão elétrico em pick-ups é que, por possuir um powertrain mais simples, se pode aproveitar mais o espaço. No Bollinger B2, por exemplo, por não ter motor dianteiro, oferece um túnel de armazenamento que conecta a parte dianteira com a traseira, para cargas de muito comprimento.

Este modelo, o projetado pela Bollinger, contará com mais de 610 cv de potência e um torque máximo superior aos 900 Nm. Tudo isso graças ao apoio, ainda, de uma bateria de 120 kWh.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemTesla mostrará pick-up elétrica dia 21 de novembro

Publicado no Verdesobrerodas



Por PlanetCarsz conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário