Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Lotus revela resultado de testes do seu primeiro carro elétrico


A Lotus revelou esta sexta-feira um filme dos primeiros testes do seu novo Evija, o primeiro carro elétrico da marca com uma potência estimada de 1.971 CV, o que faz dele o carro de produção mais potente do mundo. A marca britânica anunciou no Salão do Automóvel de Guangzhou que o Evija entrou na fase inicial de construção.

Para comemorar, a Lotus estreou um novo filme em que mostra o trabalho de desenvolvimento do Evija  e a marca fez saber que os testes dinâmicos decorrem na sua base de testes em Hethel, a que se segue a passagem por vários circuitos de referência na Europa. Nos próximos meses, vários protótipos da Evija vão percorrer milhares de quilômetros e realizar muitas centenas de horas de testes, incluindo em estradas públicas.

O hipercarro totalmente elétrico conta com quatro motores elétricos e está dotado de tração integral com um binário de 1.700 Nm (com vectorização) acelera dos 0 aos 100 km/h em menos de 3 segundos e dos 0 aos 300 km/h em menos de 9 segundos. A Velocidade máxima supera os 320 km/h.

O Evija é o primeiro Lotus elétrico e é também o primeiro Lotus com chassi monocoque unitário de fibra de carbono ficando a uma altura do chão de apenas 105 mm sendo o hipercarro elétrico de produção “mais leve do mundo”, com 1.680 kg. A Lotus confirmou ainda que o seu primeiro superdesportivo elétrico vai entrar em produção no próximo ano.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemLotus revela resultado de testes do seu primeiro carro elétrico 

Publicado no Verdesobrerodas



Por AutoPortal conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário