Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Hyundai é dos fabricantes mundiais que mais tem investido em hidrogênio nos transportes


A Hyundai é dos fabricantes mundiais que mais tem investido no hidrogênio como alternativa de futuro aos combustíveis fósseis. E a aposta do emblema norte-coreano na tecnologia de célula de combustível não visa apenas o mercado de veículos ligeiros, mas também o segmento dos camiões para transporte de mercadorias.

Na edição deste ano North American Commercial Vehicles Show, a decorrer em Atlanta, nos Estados Unidos, a divisão de pesados da marca apresentou um novo protótipo, o espetacular HDC-6 Neptune, com linhas exteriores inspiradas nos aerodinâmicos comboios “Streamliner” da década de 30.
Segundo o gabinete de estilo da marca, o concepto desenhado a partir de uma folha em branco reflete o compromisso ideal entre forma e função, sendo o elemento mais destacado do impactante design, a grelha dianteira de dimensões muito generosas para refrigeração mais eficiente de todos os componentes.

As linhas da referida grelha dianteira estendem-se para os painéis laterais da carroçaria, que ‘escondem’ os degraus escamoteáveis para acesso à cabine. No interior, a decoração é minimalista, dispensando-se a maioria dos botões físicos, e apostando na digitalização.

Não foram fornecidos dados sobre autonomia ou potência do conjunto propulsor. Ainda no certame americano, a Hyundai o par ideal perfeito para o seu futurista Neptune. 

Trata-se de um inovador reboque refrigerado por nitrogênio, com o nome de Nitro ThermoTech Concept, e projetado pela divisão coreana do grupo HT Hyundai Translead, para o transporte de produtos com necessidades especiais de conservação. Segundo o emblema coreano, este elemento móvel reduz a peugada carbônica do conjunto em cerca de 90 por cento, sendo que o sistema de refrigeração utilizado na cabine é também “virtualmente silencioso”. Para estes resultados notáveis contribui a concessão inovadora da estrutura, com painéis laterais, teto e piso construídos numa única peça. A Hyundai tem planos para produzir pelo menos 500 mil veículos movidos a hidrogênio por ano até 2030.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemHyundai é dos fabricantes mundiais que mais tem investido em hidrogênio nos transportes

Publicado no Verdesobrerodas



Por Motor 24 conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário