Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sábado, 19 de outubro de 2019

Cada vez mais carros elétricos proliferaram nas cidades

O mundo da mobilidade está a mudar drasticamente. Vemos cada vez mais carros elétricos a proliferaram nas cidades, mas também trotinetes elétricas. As bicicletas elétricas podem também ser uma solução importante nos meios de transporte que não emitem diretamente para a atmosfera em ambientes urbanos. A verdade é que ter um motor elétrico numa bicicleta torna a subida de encostas ou colinas bem mais fácil.
É a pensar no facto de muitos de nós já termos bicicletas, que há um kit que permite converter qualquer bicicleta convencional numa bicicleta elétrica, dando um valor adicional à bicicleta de sempre. O pequeno kit da empresa Swytch está disponível no site IndieGogo e é composto por um sistema completo chamado “Power Pack” que inclui: bateria por cima do guiador, um conector, uma roda com o motor já incluído e um sensor que colocamos no pedal. Embora possa parecer algo complexo de instalar, podemos seguir as instruções passo a passo, com as quais, sozinhos ou com ajuda de um profissional, poderemos transformar a bicicleta num veículo elétrico.

Além de tudo o que já foi referido, também inclui um pequeno ecrã LED, que serve de painel de controlo para colocar no guiador e que nos permitirá escolher entre os nove níveis de intensidade elétrica diferentes. O sensor colocado no pedal permite detectar o momento em que o utilizador está a pedalar e com que força e vai ajustando a assistência em conformidade. A partir do momento em que se monta o kit, pode-se desde logo usar o produto curioso que embora já esteja à venda por 359 euros, só fica disponível em março de 2020.

O processo de adaptação não tem nada a ver com as trotinetes elétricas, já que a bicicleta continua a ser a mesma de sempre, apenas terá uma ajuda extra para andar na cidade. Existem várias opções, com autonomias elétricas diferentes. A versão base tem 35 km de autonomia e permite velocidades de 24 km/h.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

Postagem: Cada vez mais carros elétricos proliferaram nas cidades

Publicado no Verdesobrerodas

Por Insider conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário