Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sábado, 28 de setembro de 2019

BMW continua fortemente focada em eletrificar a sua gama


A BMW continua fortemente apostada em eletrificar a sua gama e depois de em Genebra termos conhecido a versão híbrida plug-in do Série 5, a marca bávara decidiu agora oferecer ao Série 5 a tecnologia mild-hybrid.

As versões do Série 5 que a BMW decidiu associar ao sistema mild-hybrid foram as 520d e 520d xDrive (no formato carrinha e berlina) passando estas a “casar” o motor Diesel com um sistema integrado de arranque/gerador de 48 V que surge associado a uma segunda bateria.
Esta segunda bateria permite armazenar a energia recuperada nas desacelerações e nas travagens e tanto pode ser usada para alimentar o sistema elétrico do Série 5 como para proporcionar mais potência sempre que necessário.

O sistema mild-hybrid que equipa o Série 5 não só permite um funcionamento mais suave do sistema Start & Stop como veio tornar possível desligar por completo o motor em desaceleração (em vez de apenas o desconectar das rodas motrizes). Como é habitual, os principais ganhos alcançados com a adoção deste sistema mild-hybrid dizem respeito aos consumos e emissões do motor de quatro cilindros Diesel e 190 cv que anima os 520d e 520d xDrive.

Assim, segundo a BMW, o 520d na versão berlina apresenta consumos de 4,1 a 4,3 l/100 km e emissões de CO2 entre as 108 e as 112 g/km (na carrinha os consumos andam entre os 4,3 e 4,5 l/100 km e as emissões entre as 114 e as 118 g/km).

Já o 520d xDrive no formato sedan apresenta consumos entre os 4,5 e os 4,7 l/100 km CO2 entre as 117 e as 123 g/km (na versão Touring os consumos ficam-se entre os 4,7 e 4,9 l/100 km e as emissões entre as 124 e as 128 g/km). Com chegada ao mercado prevista para este outono (mais precisamente para o mês de novembro), ainda não se sabe quanto vai custar a variante mild-hybrid do BMW Série 5.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemBMW continua fortemente focada em eletrificar a sua gama

Publicado no Verdesobrerodas



Por Razão Automóvel conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário