Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

segunda-feira, 9 de setembro de 2019

Aptera Motors anuncia modelos elétrico com autonomia de1.600 km


Fundada em 2006, na Califórnia, a história da Aptera Motors prometia, com sócios como a Google ou Idealab no seu portefólio, e a possibilidade de correr ao lado de General Motors, Ford ou Tesla, na atribuição dos apoios do Departamento Americano de Energia, concedidos apenas a empresas dispostas a desenvolver modelos eficientes e com menores emissões de carbono. 

Mas o que parecia ser o plano perfeito, passada a fase de desenvolvimento, a verdade é que este de automóvel verdadeiramente inovador, 100% elétrico, com três rodas e capacidade para transportar dois ocupantes… não pegou.

Em meados de 2009, depois de travessia longa do deserto, sem conseguir angariar investimento que sustentasse o projeto, a jovem empresa abriu falência e fechou portas. Até agora!

Atento à mudança acelerada do paradigma na indústria automóvel, o irreverente fabricante acaba de anunciar o seu regresso, com um novo protótipo, desta feita apresentado como o elétrico mais eficiente do mundo, o primeiro a oferecer autonomia para 1000 milhas, qualquer coisa como 1600 quilômetros!

Uma cifra que supera amplamente os melhores valores anunciados pelas principais referências do mercado. Claro que, ao contrário do que defende o CEO, Chris Anthony, este estranhíssimo Aptera Motors dificilmente será, por exemplo, comparação para os modelos com o emblema da marca de Elon Musk, mesmo com a promessa de performances fora de série. «Somos surpreendentemente rápidos sem vento e com pouca resistência.

E somos surpreendentemente grandes, aproximadamente tão compridos como um Prius e ligeiramente mais largos do que um Model S», assegura Anthony, confirmando em entrevista aos especialistas da Car and Driver que o modelo terá versão de altas prestações que cumprirá a medição de 0 a 100 km/h em cerca de 3 segundos.

Por enquanto, o elétrico que faz 1600 quilômetros com uma única carga de bateria não passou do papel, onde permanecerá, pelo menos, até que se reúnam os 1.070.000 dólares necessários para arrancar com o projeto de desenhar e fabricar. A marca espera poder avançar para a fase de comercialização em 2022, por preço inicial que rondará os 34 mil dólares.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemAptera Motors anuncia modelos elétrico com autonomia de1.600 km

Publicado no Verdesobrerodas



Por Motor 24 conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário