Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

terça-feira, 6 de agosto de 2019

Veículos elétricos representam em torno de 40% de mercado na Noruega


Enquanto que na maior parte dos mercados globais continuamos vendo os veículos eletrificados como algo recém-chegado, no mundo escandinavo eles ganharam um destaque que chega a surpreender e deve fazer com que todos os mercados pensem mais a respeito da mobilidade elétrica.

Entre todos eles a Noruega é o mais importante, e não é à toa que hoje em dia é o país com maior participação nas vendas de modelos elétricos, chegando nada mais e nada menos que 40% de penetração no mercado se englobarmos veículos plug-in em geral, sejam híbridos ou totalmente elétricos.

No entanto não se trata de um país que conte com uma indústria automobilística própria, menos ainda de modelos elétricos. Mas parece que a coisa poderá começar a mudar. Uma empresa norueguesa chamada Fresco Motors surgiu recentemente com um interessante sedan 100% elétrico conhecido como Reverie, que aspira ser a alternativa local à Tesla e demais.

Na verdade, o Fresco Reverie é um sedan que, por suas linhas, à primeira vista parece um primo norueguês do Model S, entretanto por suas dimensões (4.81 m de comprimento, 2.23 de largura, 1.40 de altura e uma distância entre-eixos de 2.75 metros) poderá competir mais diretamente com um Model 3, mas a marca tem como referência brigar com modelos com grande destaque na Noruega atualmente, como o Nissan LEAF, o Volkswagen e-Golf, o BMW i3 e os modelos Tesla em geral.

Para alimentar seu motor elétrico contará com uma bateria de arquitetura modular de até 500 kg, da qual ainda não se conhece a capacidade, mas a partir da Fresco afirmam que estará à altura do que é oferecido atualmente. O que se conhece é o seu impressionante desempenho, que terá como meta por volta 300 km/h de velocidade máxima e uma aceleração 0 a 100 km/h em somente 2 segundos.

Como fica claro, o modelo ainda está em uma fase inicial, embora a Fresco já esteja recebendo reservas, 70 por enquanto, para entregar as primeiras unidades previsivelmente em 2021. Se tudo correr como o previsto, espera-se que muito em breve cheguem novos dados sobre este modelo 100% elétrico e 100% norueguês.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemVeículos elétricos representam em torno de 40% de mercado na Noruega

Publicado no Verdesobrerodas



Por PlanetCarsz conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário