Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

terça-feira, 27 de agosto de 2019

Primeiro semestre de 2019 registra crescimento de 34% nas vendas de veículos Plug-in na Europa


As vendas de veículos 100% elétricos ou Plug-in híbridos na Europa cresceram 34% no primeiro semestre de 2019 face a igual período de 2018, havendo um total de 259.000 unidades registadas nos primeiros seis meses do ano. Praticamente todos os mercados europeus, à exceção do Reino Unido, apresentaram bons volumes de crescimento, incluindo Portugal.

Os dados, revelados pelo EV-Volumes.com, site dedicado à compilação e tratamento de dados de vendas de veículos elétricos (BEV) ou Plug-in (PHEV), revelam que as vendas de automóveis de ligar à corrente cresceram bastante no primeiro semestre de 2019, na ordem dos 34%, compreendendo também os veículos de passageiros e comerciais ligeiros.

Com quota de mercado de veículos ligeiros na Europa situada nos 2,7% no primeiro semestre, prevê-se que no cômputo de 2019 se obtenha um valor aproximado das 540 mil unidades elétricas vendidas na Europa.

Dentro da tipologia destes veículos elétricos – BEV e PHEV – existe também uma tendência de crescimento dos veículos movidos apenas a eletrão. Se no primeiro semestre de 2018, a sua quota era de 51%, o mesmo período de 2019 trouxe consigo um crescimento para os 68%, notando-se assim uma perda de tração nos veículos híbridos de ligar à tomada.

Esta mudança, adianta a EV-Volumes.com, reflete a entrada em vigor da norma mais rigorosa de medições de consumos e de emissões poluentes, a WLTP, mas também o estabelecimento de políticas fiscais mais apelativas e de novos e mais variados modelos com cada vez maiores autonomias.

A ordenação dos construtores mais vendidos na Europa também conheceu novidades. A Tesla tornou-se na marca preferida dos clientes elétricos no Velho Continente, muito por responsabilidade da entrada em cena do Model 3, que teve um total de 38.000 unidades entregues no primeiro semestre.

Esse foi também o modelo mais procurado, com mais 12.500 unidades vendidas do que o segundo e anterior ‘best-seller’, o Renault ZOE. Muitas das ofertas PHEV da BMW, Volkswagen e Daimler apenas irão chegar na segunda metade de 2019, o que também não terá ajudado, garante aquele site, a que os PHEV tenham conseguido equilibrar a balança nas vendas.

Por países, a Alemanha e a Holanda foram aqueles com maior aumento de volume, cabendo agora à Alemanha o estatuto de país com maior volume de vendas de carros elétricos (PHEV+BEV) na Europa, relegando a Noruega para o segundo posto. No entanto, o país nórdico continua a ser o mais relevante em termos de modelos 100% elétricos, na comparação entre carros com motor de combustão e elétricos – 47% das vendas de 2019 foram de carros de ligar à tomada. Dentre os 15 principais mercados, apenas o Reino Unido apresentou um retrocesso, o que pode ser explicado pelo final dos incentivos fiscais aos PHEV e à redução em 1000 libras no incentivo à compra de carro 100% elétrico.

Por outro lado, o mercado do Sul da Europa apresentou um comportamento mais positivo, com os incentivos fiscais e, “singularidades como as greves dos motoristas de caminhões de combustível em Portugal” a promoverem um aumento consistente nos volumes de elétricos em comparação com o primeiro semestre do ano passado. Ainda sobre o mercado luso e sempre com respeito ao primeiro semestre, houve um aumento de 58% nas vendas de veículos de ligar à corrente, com o volume de elétricos a aumentar 94% contra apenas 16% dos Plug-in híbridos face ao período homólogo de 2018.

A Noruega encabeça esta lista, como já atrás se referiu, com um total de 47% das vendas do primeiro semestre a serem produzidas com veículos eletrificados de ligar à tomada, dividindo-se entre 38% de 100% elétricos e 9% de PHEV.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemPrimeiro semestre de 2019 registra crescimento de 34% nas vendas de veículos Plug-in na Europa

Publicado no Verdesobrerodas



Por Motor 24 conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário