Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sexta-feira, 9 de agosto de 2019

Governo da Madeira estabelece incentivo à mobilidade elétrica


Para pessoas individuais o incentivo máximo pode chegar aos 10 mil euros para aquisição de automóvel ligeiro, e de 7 mil e 500 euros para pessoas coletivas.

O Governo da Madeira estabeleceu um regime de incentivo à mobilidade elétrica no Porto Santo, atribuindo em sede orçamental uma verba de 400 mil euros, de acordo com portaria publicada esta quarta-feira em diário oficial.

O regime estabelecido pelo executivo madeirense pode atingir um valor máximo de 10 mil euros a pessoas singulares, para apoio à aquisição de automóvel ligeiro, e de mil e 300 euros para aquisição de motociclo de duas a quatro rodas ou ciclomotores, diz a portaria que regula o regime de incentivo à mobilidade elétrica no Porto Santo.

“Para as pessoas coletivas, o limite do apoio a conceder é de 7 mil e 500 euros para aquisição de automóvel ligeiro, e de 650 euros por motociclo de duas a quatro rodas ou ciclomotor”, acrescenta o mesmo documento. A portaria refere ainda que o valor máximo do incentivo a atribuir pela aquisição de cada veículo 100% elétrico novo “não poderá exceder” o correspondente a 50% do respetivo valor de aquisição.

Este regime de incentivo à mobilidade elétrica no porto santo (Prime-RAM) está inserido no Plano de Ação de Mobilidade Urbana Sustentável e do Projeto ‘Porto Santo Sustentável – Smart Fossil Free Island’. O sistema de incentivo aplica-se aos beneficiários elegíveis comprovem que têm domicílio fiscal na ilha do Porto Santo, diz a portaria.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemGoverno da Madeira estabelece incentivo à mobilidade elétrica

Publicado no Verdesobrerodas



Por Jornal Económico conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário