Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quinta-feira, 29 de agosto de 2019

Golf 8 inaugura era de acionamentos eletrificados e conectado


A Volkswagen está contando as horas para mostrar a oitava geração do Golf, seu produto mais importante. Com estreia marcada para outubro de 2019, o hatch médio precisa agradar mais que o irmão elétrico ID.3, que é uma promessa para o futuro.

Para hoje, o Golf 8 é o mais importante em qualquer circunstância. Com atrasos no desenvolvimento, o modelo mais popular da VW tem 35 milhões de unidades nas costas e uma responsabilidade que atinge os quatro cantos do mundo. É a cara da VW atualmente e aparece com camuflagem listrada nesta foto oficial.

De acordo com nota curta da VW, o Golf 8 será “a era de acionamentos eletrificados, um mundo interior digital e conectado, direção assistida e funções e serviços on-line.” Klaus Bischoff, chefe da Volkswagen Design, fala sobre o veículo: “Neste momento, não divulgaremos todos os detalhes do novo Golf, mas você já pode perceber suas proporções elegantes.”

Bischoff completa: “A próxima geração será uma A contagem regressiva para o início do número oito já começou: o novo Golf estará celebrando sua estréia mundial no outono de 2019.”

Ou seja, a Volkswagen não pretende colocá-lo como destaque em Frankfurt, deixando os holofotes para seu elétrico ID.3, que precisa iniciar sua aproximação do público. Já o Golf 8 deve apostar em tecnologias para reduzir a emissão de poluentes, que no caso será o sistema elétrico de 48 volts com Start&Stop avançado.

Mantendo as formas básicas de sua carroceria extremamente funcional, o Golf 8 também promete ampliar a conectividade, permitindo que o carro esteja ligado a uma rede de dados. Espera-se também uma ampliação das opções híbridas e o Golf GTE 8 deve receber baterias de lítio mais potentes, assim como o Passat GTE 2020.

Por ora, ainda é cedo para dizer como o Golf 8 atuará no mundo. Sem produção no México, o hatch médio deverá ser exportado aos EUA a partir da Alemanha. Aqui, só se faz o Golf GTI e com o GTE importado, mas pelo menos até o primeiro trimestre de 2020, a nova geração não deve ganhar as ruas europeias, demorando bem mais para chegar aqui.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemGolf 8 inaugura era de acionamentos eletrificados e conectado

Publicado no Verdesobrerodas



Por Noticias Automotivas conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário