Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sábado, 13 de julho de 2019

Toyota finalizará testes do novo Corolla híbrido flex


Nas próximas semanas, os engenheiros da fábrica da Toyota de Indaiatuba, no interior de São Paulo, vão finalizar os testes da linha de produção do novo Corolla, primeiro carro com a tecnologia híbrida flex do mundo.

A novidade é que o sedã trará dois motores: um que rodará com gasolina e etanol, e outro com energia elétrica. Concebido em 2015, o veículo híbrido flex chegará às concessionárias em outubro com a promessa de, quando rodar abastecido com etanol, ser o carro menos poluente a circular no planeta.

Ao usar um combustível oriundo de fonte 100% renovável, o carro emitirá cerca de 30 gramas de gás carbônico por quilômetro. Um veículo movido exclusivamente a gasolina libera 145 gramas por quilômetro, e um elétrico, considerando todo o ciclo necessário para a produção de energia, emite em média 65 gramas.

Para produzir o modelo híbrido flex, a Toyota investiu mais de um bilhão de reais em tecnologia e na modernização da fábrica de Indaiatuba, projeto que envolveu times do Brasil e do Japão. 

“O futuro da mobilidade está no etanol. Além de ser uma fonte renovável, ele interage com as novas tecnologias automotivas como a energia elétrica na forma de combustível”, disse Ricardo Bastos, diretor de relações governamentais da Toyota.

A tecnologia híbrida flex chega ao mercado num momento em que a indústria de etanol está em fase de reconstrução, após uma crise que levou 120 usinas a fecharem as portas.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável


PostagemToyota finalizará testes do novo Corolla híbrido flex

Publicado no Verdesobrerodas



Por AGRONEWS BRASIL conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário