Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

segunda-feira, 8 de julho de 2019

Toyota anuncia veículos com painéis solares para aumentar autonomia


Numa conjugação de esforços, a NEDO, instituição ambiental japonesa, a companhia tecnológica Sharp e a Toyota anunciaram um plano para dar início a ensaios públicos já este mês de veículos com painéis solares para alimentação de baterias para assim verificar a possível melhoria na autonomia.

Para facilitar este teste, a Sharp modificou as suas células fotovoltaicas de alta eficiência anteriormente desenvolvidas para um projeto da NEDO, para aplicação num painel solar instalado no tejadilho, capot, tampa da bagageira e outras partes de um Toyota Prius PHV, criando assim um protótipo de demonstração com uma taxa de eficiência de conversão de mais de 34%. A capacidade de geração de energia atinge agora os 860 W contra os 180 W do Prius PHV de base.

O formato deste módulo, a sua durabilidade ambiental e os materiais da superfície têm por base as especificações dos ensaios da Toyota, com a célula da bateria solar a ter uma espessura de cerca de 0,03 mm. Desta forma, é possível implementar a película em superfícies curvas ou em locais com pouco espaço.

Anteriormente, o Prius PHV apenas carregava a bateria de tração quando o veículo estava parado. No entanto, com melhorias na geração da energia, este veículo de demonstração utiliza um sistema que pode recarregar o veículo em andamento, o que pode aumentar a autonomia em modo elétrico e melhorar a eficiência de combustível de forma significativa.

Em termos práticos, os valores providenciados por este formato de energia solar são interessantes, tanto no carregamento do veículo parado ou em andamento. No primeiro caso, de acordo com os dados oferecidos pelo consórcio, a carga máxima diária de carregamento enquanto o veículo estava estacionado equivalia a uma autonomia elétrica de 6,1 km no Prius PHV, que subiu para cerca de 44,5 km no protótipo.

No segundo caso, a carga máxima e o fornecimento máximo de energia às tarefas de condução e à bateria auxiliar é ainda mais relevante. No Prius PHV, a energia proveniente do tejadilho solar vai apenas para a bateria auxiliar, que alimenta sistemas, como o de navegação, enquanto no protótipo com a evolução do painel solar, essa energia permite uma melhoria da circulação em modo elétrico equivalente a 56,3 km.

A Toyota pretende agora levar a cabo diversos ensaios de condução na Toyota City, em Tóquio, com o intuito de validar os valores obtidos em laboratório, sendo depois utilizador no desenvolvimento de um sistema de carregamento à base de energia solar para aplicação futura em veículos eletrificados.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemToyota anuncia veículos com painéis solares para aumentar autonomia

Publicado no Verdesobrerodas



Por Motor 24 conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário