Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sexta-feira, 12 de julho de 2019

Stella Era gera a próprias energia e ainda abastece outros veículos elétricos


Ainda é apenas uma espécie de solução do futuro, de invenção estilística com funcionalidades adicionais instaladas em automóvel com conceito que procura ir além do transporte de passageiros entre os pontos A e B. Mas virá aí (mais uma) revolução rodoviária?

O Stella Era é o primeiro elétrico com carregamento solar e capacidade para funcionar como estação de carregamento para outros veículos elétricos! A Solar Team Eindhoven, equipa composta por um grupo de estudantes de engenharia da Universidade Técnica daquela cidade holandesa, assina este protótipo, o quarto de uma família de veículos urbano ecológicos.

Construído com materiais de alta tecnologia para manter um baixo peso, com cerca de 5 metros de comprimento e acomodação para quatro passageiros, o protótipo holandês tem como elementos em maior destaque o teto e o capot, pois albergam 5 m² de células fotovoltaicas integradas num vidro de segurança extremamente sólido e que permite carregamento direto a partir da energia do sol.

Segundo os mentores do projeto Stella, o Era incorpora todos os ensinamentos e experiências acumulados em anos de experiência no desenvolvimento da tecnologia. Tem atualmente capacidade para percorrer 1800 km num dia ensolarado de verão nos Países Baixos. Com lotação esgotada a bordo, essa autonomia desce para ainda incríveis 1200 km.

Para além da referida capacidade de abastecer outro veículo, a energia excedente gerada pode ser fornecida de volta à rede elétrica ou usada para alimentar algum aparelho ou eletrodoméstico.

A equipe de engenheiros também desenvolveu tecnologia que permite que o protótipo consiga calcular de forma totalmente autônoma a rota ideal para um destino predefinido mediante as condições meteorológicas, maximizando o tempo de exposição solar. Além de uma aplicação que poderia ser utilizada para os proprietários venderem energia para outros veículos elétricos.

A Solar Team Eindhoven não revelou muitos mais detalhes técnicos sobre o seu veículo mais inovador, remetendo a apresentação de novidades para outubro, altura em que participará em mais uma edição do World Solar Challenge, competição que a cada dois anos reúne as equipas mais avançadas do mundo com o objetivo de completar a mais longa distância por estrada utilizando apenas a energia solar para carregar baterias. Em 2017, na Austrália, a equipa holandesa venceu a competição ao percorrer mais de 3000 quilômetros.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemStella Era gera a próprias energia e ainda abastece outros veículos elétricos

Publicado no Verdesobrerodas



Por Motor 24 conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário