Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quarta-feira, 10 de julho de 2019

Revelado o primeiro Mini 100% elétrico com autonomia alargada


A Mini revelou esta terça-feira o novo Cooper SE, o primeiro Mini 100% elétrico que segundo a marca combina a mobilidade sustentável com a diversão de condução, design expressivo e qualidade premium.

O novo Mini conta com um motor elétrico de 135 kW localizado no eixo dianteiro é capaz de garantir 184 CV de potência e um binário de 270 Nm, o que permite uma aceleração dos zero aos 100 km/h em 7,3 segundos.

A bateria de íons de lítio permite ao Mini elétrico alcançar uma autonomia entre os 235 a 270 quilômetros e a sua configuração específica é em forma de ‘T’ permitiu a sua localização no piso do carro, de forma a manter praticamente inalteradas as dimensões do novo Mini. Assim o novo Cooper SE conta com uma bagageira que tem uma capacidade de 211 litros, ou de 731 litros com os bancos traseiros rebatidos.

A única diferençá em matéria de dimensões deste novo Mini face aos modelos convencionais é a sua distância ao solo que cresceu em 18 mm. No entanto o Cooper SE tem um peso de 1365 kg, o que é justificado pelo peso das baterias instaladas neste novo modelo.

Em matéria de consumo a Mini revelou que o seu primeiro veículo elétrico tem um consumo energético médio entre os 13.2 e os 15.0 kWh, e que pode ser recarregado em tomadas domésticas, ou postos de carregamento públicos, incluindo os de carregamento rápido até 50 kW.

Num primeiro olhar ao design é fácil perceber que estamos perante um modelo da conhecida marca britânica, no entanto este Cooper SE conta com óticas em LED de série, grelha cromada e detalhes em amarelo ao longo da carroceria. 

Contudo o maior destaque vai para a estreia de um painel de instrumentos digital com 5,5 polegadas, que permite variar a apresentação da informação através da função do modo de condução selecionado.

O novo Mini elétrico conta ainda com quatro modos de condição: Green, Green +, MID e Sport, que permitem uma sensibilidade diferente da direção, bem como do freio e acelerador e desta forma é possível transmitir um comportamento dinâmico e distinto por parte do novo Mini Cooper SE. A Mini já fez saber que as primeiras entregas do novo Mini Cooper SE estão previstas para o início de 2020.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemRevelado o primeiro Mini 100% elétrico com autonomia alargada

Publicado no Verdesobrerodas



Por AutoPortal conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário