Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quarta-feira, 24 de julho de 2019

Os carros elétricos estão transformando a América Norte, a Europa e a China


Os carros elétricos estão transformando a América Norte, a Europa e a China. Mas dirigir um carro elétrico não significa apenas ter acesso à tecnologia de ponta. Significa também combater o aquecimento global sem perder segurança, desempenho e prazer ao dirigir.

Para a Mercedes-Benz essa é a missão de seus novos veículos. A primeira grande aposta de volume da Mercedes-Benz em elétricos é o SUV EQC400, que chega para competir com o Audi e-Tron e o BMW i3, modelos que estão na vanguarda da tecnologia para os carros elétricos.

O EQC400 garante versatilidade com um kit que permite carregar a bateria na rede elétrica doméstica. O carro da Mercedes funciona com dois motores elétricos. Um colocado na dianteira, mais potente, que impulsiona o desempenho do veículo, enquanto o outro, traseiro, está dimensionado para situações dinâmicas e escorregadias. Eles são isolados do corpo do veículo por meio de duas camadas de borracha e de espuma, minimizando o ruído de rodagem.

Geram 402 cavalos de potência combinada e tornam o carro muito rápido na largada, fazendo de 0 a 100 em 5 segundos. O modelo oferece dois modos de condução, ECO E Mac Rang, conforme a preferência do motorista. O design do carro é familiar, mas bastante contemporâneo e ligeiramente esportivo. Compartilha 90% de sua estrutura com o atual modelo classe GLC, ou seja, um SUV elétrico compacto, destinado à principal faixa de mercado da montadora.

O EQC400 também oferece soluções de carregamento da bateria. É possível a instalação de um kit que permite recarregar o veículo na rede elétrica residencial, além da rede pública hoje com uma boa infraestrutura em muitos países. Ele surgiu com base na família de carros-conceito EQ da marca, que mostra como os carros elétricos podem ser rápidos e esportivos, oferecendo segurança, conforto, funcionalidade e conectividade em termos de mobilidade sustentável.

A Mercedes-Benz e a Audi estão entrando definitivamente na categoria de veículos elétricos de produção em série e, ambas, estão fazendo isso, com um SUV – o EQC400 e o e-Tron, respectivamente. Trata-se de uma decisão fácil de entender considerando que este é o segmento de veículos que mais cresce no mundo em relação a vendas.

O e-Tron também usa dois motores elétricos, um em cada eixo. O dianteiro rende 125 kW e o traseiro, 140 kW. São cerca de 362 cv combinados. Com esse conjunto, acelera de 0 a 100 km/h em 6,6 segundos e atinge a velocidade máxima de 200 km/h. A autonomia é de 400 km.

O Mercedes-Benz ainda não tem data para chegar ao Brasil. A Audi, por sua vez, já confirmou que o e-Tron chegará ao mercado brasileiro no segundo semestre deste ano. Na Europa, custa a partir 84 mil euros (cerca de 350 mil reais). No Brasil, é estimado o preço acima de 500 mil reais. Nos próximos anos, com o livre comércio entre Europa e América do Sul, essa diferença de preços dos carros elétricos tende cair graças a menores taxação de importação.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemOs carros elétricos estão transformando a América Norte, a Europa e a China

Publicado no Verdesobrerodas



Por O Documento conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário