Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quinta-feira, 18 de julho de 2019

Harley-Davidson iniciou as vendas da elétrica LiveWire nos EUA


A Harley-Davidson iniciou as vendas da elétrica LiveWire nos EUA, no Canadá e nos países da Europa onde a marca está presente. Primeira moto totalmente elétrica da marca, ela teve seu lançamento oficial realizado na última sexta-feira, 12 de julho, em Nova York.

Impulsionada pelo motor Revelation, que oferece 105 cavalos de potência (78 kW) e produz 11,83 kgf·m de torque, a nova motocicleta da Harley-Davidson não tem marchas, ou seja, para guiá-la basta acelerar. Ela vai de 0 a 100 km/h em 3 segundos, e dos 100 aos 130 km/h em 1,9 segundos. 

Como o torque máximo está sempre disponível, a aceleração para aumentar a velocidade é instantânea. A moto tem autonomia para rodar até 235 quilômetros na cidade, ou até 152 quilômetros em uso misto, que corresponde a circuitos urbanos e rodoviários.

Seu motor, que é 100% elétrico, produz vibração mínima, pouco calor e quase nenhum ruído, o que aumenta o conforto do motociclista. 

Quando o piloto liga a LiveWire, o motor elétrico produz uma sutil pulsação de torque, o que faz com que seu usuário note que a moto está pronta para circular. Esse som, que foi desenvolvido exclusivamente para o modelo, cessa quando a motocicleta está em movimento, e retorna quando ela para.

A LiveWire possui um sistema que aproveita a energia das frenagens para adicionar mais carga à bateria, que tem garantia de cinco anos e quilometragem ilimitada. A tecnologia DC Fast Charge (DCFC) oferece uma carga de 0 a 80% da carga da bateria em 40 minutos, ou 0 a 100% de carga em 60 minutos. Ela é a primeira do portfólio de veículos elétricos de duas rodas que estão na estratégia da marca que pretende estabelecer a Harley-Davidson como líder na eletrificação de motos.

Sua estreia é parte do plano “More Roads to Harley-Davidson”, que visa acelerar a formação da próxima geração de motociclistas por meio de novos produtos em novos segmentos de motocicletas, maior acesso à rede e o compromisso da marca de fortalecer seus concessionários globalmente. 

O modelo possui duas cores exclusivas, Yellow Fuse e Orange Fuse, que possuem tratamento que dá a aparência de metal anodizado. Além delas, a LiveWire também está disponível na cor Vivid Black.

Nos EUA, o preço sugerido da elétrica da Harley-Davidson é de US$ 29.799 para a versão básica, sem acessórios, que serão oferecidos à parte nas concessionárias. Não há previsão para sua chegada ao Brasil, mas a marca afirma que o modelo estará disponível em todo o mundo até 2021.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemHarley-Davidson iniciou as vendas da elétrica LiveWire nos EUA

Publicado no Verdesobrerodas



Por Motociclismo  conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário