Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

terça-feira, 9 de julho de 2019

GoShare começará a operar com uma frota de mil scooters elétricas


A startup Gogoro, que produz e vende scooters elétricas em Taiwan, lançou uma plataforma de compartilhamento dos veículos. A GoShare começará a operar com uma frota de mil scooters inteligentes na cidade de Taoyuan. A startup, fundada em 2011, descreve o serviço como "uma solução totalmente integrada". 

Isso porque as scooters da Gogoro possuem baterias pequenas, que podem ser facilmente retiradas e trocadas em quiosques de recarga que funcionam 24h e estão localizados em postos, cafés e outros locais.
Por meio de um aplicativo, os donos dos veículos podem encontrar a estação mais próxima e trocar sua bateria por uma carregada em poucos segundos. Hoje, são cerca de 1200 estações em Taiwan, com 200 na cidade de Taoyuan.

Os usuários da GoShare também poderão usar essa infraestrutura, trocando as baterias de suas scooters em qualquer estação. Em média, as scooters podem percorrer até 80 km com uma única carga. Em entrevista ao TechCrunch, Horace Luke, CEO da Gogoro, afirmou que deseja expandir a GoShare para Europa, Austrália e Ásia no próximo ano.

“Somos uma plataforma, criamos hardware, software e tecnologia de servidor para servir o transporte do futuro e, se pudermos tornar as cidades mais limpas e saudáveis, faremos isso de qualquer maneira, seja por meio da compra de scooters e troca de baterias no sistema que fornecemos ou, neste caso, sem a compra de um veículo, mas com o compartilhamento”, disse Luke.

Para usar o serviço, os usuários devem baixar um aplicativo e carregar uma foto da carteira de motorista. A Gogoro usa um software de inteligência artificial para verificar se as imagens correspondem à foto da licença antes de solicitar informações de pagamento. 

Depois de inscritos, os motoristas podem usar o aplicativo para localizar e reservar as scooters. O preço do GoShare ainda não foi anunciado, mas Luke afirmou que será competitivo com o transporte público.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável


PostagemGoShare começará a operar com uma frota de mil scooters elétricas

Publicado no Verdesobrerodas



Por Startse conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário