Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sexta-feira, 7 de junho de 2019

Volkswagen ID.R é o elétrico mais rápido do Nürburgring


O recorde para carros elétricos no Nürburgring caiu, melhor, deu um enorme trambolhão — o Volkswagen ID.R simplesmente esmagou-o. 

O ano passado vimos o Volkswagen ID.R “destruir” o recorde absoluto de Pikes Peak, destronando por uma margem considerável o Peugeot 208 T16, que detinha esse recorde. Este ano o desafio não era menos ambicioso — ser o elétrico mais rápido no “inferno verde”.

Este era pertença do NIO EP9, um superdesportivo elétrico chinês, alcançado em 2017, com uma impressionante marca de 6min45,90s, um tempo capaz de rivalizar e superar a maioria da aristocracia automóvel alimentada a hidrocarbonetos. O Volkswagen ID.R simplesmente “destruiu” esse recorde, ao ter retirado mais de 40s ao tempo do NIO EP9, fixando o tempo final em 6min05,336s! Ok… Temos de separar as águas. O NIO EP9, apesar dos muitos poucos que foram produzidos — aparentemente, 16 unidades —, está homologado para andar na via pública, o Volkswagen ID.R não.

Tal como o recordista absoluto do Nürburgring, o Porsche 919 Evo, o Volkswagen ID.R é um protótipo “puro e duro”, sem os constrangimentos regulamentares de um carro de estrada, ou até de competição — não deixa de ser um feito notável a todos os níveis, que mostra o quão depressa a tecnologia elétrica tem evoluído.

Os 6min05,336s alcançados com Romain Dumas ao volante — tetra-vencedor das 24 Horas de Le Mans —, corresponde uma velocidade média de 204,96 km/h. Em Pikes Peak, a velocidade média foi de “apenas” 150 km/h. Para conseguir essa velocidade extra, o Volkswagen ID.R necessitou de evoluir. Se por baixo da pele ainda é o mesmo carro que conquistou Pikes Peak, apresentando dois motores elétricos que debitam um total de 500 kW ou 680 cv e 650 Nm de binário máximo, por fora apresenta uma aerodinâmica revista, com muito menos downforce.

O resultado está à vista, como podemos ver no vídeo, com o Volkswagen ID.R a ultrapassar com alguma frequência mais de 250 km/h. Além da aerodinâmica, os engenheiros da marca alemã focaram a sua atenção na gestão das baterias, na calibração do chassis e, claro, na escolha certa de pneus. Além de Pikes Peak e agora o circuito de Nürburgring, o ID.R tem um terceiro recorde, também atingido o ano passado, no Goodwood Festival of Speed, ao tornar-se no elétrico mais rápido na mini-rampa, uma das principais atrações do festival, ao ter percorrido os 1,86 km em apenas 43,86s.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemVolkswagen ID.R é o elétrico mais rápido do Nürburgring

Publicado no Verdesobrerodas



Por Razão Automóvel conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário