Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

domingo, 30 de junho de 2019

Novo Leaf e+ com bateria de 62 kWh tem autonomia em torno de 360 km


O novo carro elétrico da linha Leaf, da Nissan, chega ao público com maior autonomia e motor mais potente. O Leaf e+ vem com uma bateria de 62 kWh, que deve garantir viagens de até 358 km antes de ser necessário fazer uma recarga. Já o novo motor elétrico, de 160 kW, ofereceu um ganho de 10% na potência, o que resulta em uma velocidade máxima de 158 km/h.

Além destas novidades, a Nissan manteve o e-Pedal, que garante as funções de acelerador e freio no mesmo pedal. Ele também possui o padrão CHAdeMO para garantir recarga mais rápida ao veículo. De acordo com a Nissan, o carregamento de 20% a 80% leva cerca de uma hora e meia, usando um carregador de 50 kW. Ele também vem com o Apple Car Play e o Android Auto como itens padrão.

A tecnologia de assistência de direção ProPilot também passa a ser um item de série. O novo sistema ProPilot possui 7 câmeras, 5 sensores de radar, 12 sensores de sonar e sistema de navegação 3D de alta definição. Tudo isso para garantir mais segurança com o sistema de condução autônoma em rodovias.

O Nissan Leaf e+ foi anunciado em janeiro e chega ao público custando € 40.379 (cerca de R$ 194.740) na sua versão mais básica. A Nissan já havia feito a pré-venda de 8.000 desde o início do ano, quando apresentou o modelo. As vendas já estão disponíveis através do site da empresa, mas não há previsão de quando ele chega no Brasil.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemNovo Leaf e+ com bateria de 62 kWh tem autonomia em torno de 360 km

Publicado no Verdesobrerodas



Por Terra conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário