Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sábado, 8 de junho de 2019

Em breve etanol poderá ser usado em veículos híbridos


Em breve, o etanol poderá ser usado em veículos híbridos, gerando a energia necessária para o motor elétrico. No ano de 2018, foram vendidos cerca de 4 mil veículos híbridos elétricos no Brasil, todos eles importados. O valor desse carro é considerável, eis que as peças são importadas, com a montagem entre nós.

Recentemente, a produção brasileira do automóvel híbrido foi divulgada em solenidade no governo estadual, quando os fabricantes revelaram que estão aplicando R$ 1,6 bilhão nas indústrias de Porto Feliz e Indaiatuba, podendo gerar cerca de 1 mil novos empregos.

Consoante os especialistas, os novos veículos vão rodar em média com 60% de eletricidade, produzindo menos poluição, além de serem mais econômicos que os automóveis à gasolina.
Enquanto isso, o novo governo empenha-se na redução dos preços dos combustíveis, asseverando que a principal empresa estatal da Nação não terá mais interferência na política de preços.

Atualmente, impostos e subsídios continuam pesado na estrutura dos valores cobrados nos postos de abastecimento. O Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) muda de estado para estado. São Paulo tem a alíquota mais baixa da nação. A inadequada prática de preços internos para os combustíveis, mais altos que os internacionais, resulta na perda de mercado para a Petrobrás, colocando as refinarias de petróleo na ociosidade e o aumento da importação dos derivados pelas concorrentes.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemEm breve etanol poderá ser usado em veículos híbridos

Publicado no Verdesobrerodas



Por DCI conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário