Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sábado, 15 de junho de 2019

Caminhões elétricos e autônomos da Volvo é adequado para serviços portuários


Vera, o veículo elétrico, conectado e autônomo da Volvo Caminhões, fará parte de uma solução integrada para transportar mercadorias de um centro de logística a um terminal portuário em Gotemburgo, na Suécia. A tarefa é resultado de uma nova colaboração entre a Volvo Caminhões e a empresa de balsas e logística DFDS.

O objetivo da colaboração é implementar o Vera em uma aplicação real, permitindo um sistema conectado com um fluxo contínuo de mercadorias, de um centro de logística da DFDS a um terminal portuário, para distribuição em todo o mundo.

Em 2018, a Volvo Caminhões apresentou sua primeira solução elétrica, conectada e autônoma, criada para tarefas repetitivas em centros de logística, fábricas e portos. O Vera é perfeito para curtas distâncias, transportando grandes volumes de mercadorias com alta precisão. "Agora, temos a oportunidade de implementar o Vera em um cenário ideal e desenvolver ainda mais seu potencial para outras operações similares," afirma Mikael Karlsson, Vice-presidente de Soluções Autônomas da Volvo Caminhões.

O objetivo é implementar um sistema conectado que consiste em vários veículos Vera monitorados por uma torre de controle. O objetivo é permitir um fluxo contínuo e constante que responda às demandas de maior eficiência, flexibilidade e sustentabilidade. A colaboração com a DFDS é um primeiro passo para implementar o Vera em uma tarefa de transporte real em estradas públicas predefinidas em uma área industrial.  

"Queremos estar na vanguarda do transporte autônomo e conectado. Essa colaboração nos ajudará a desenvolver uma solução eficiente, flexível e sustentável de longo prazo para receber veículos autônomos que chegam aos nossos portões, beneficiando nossos clientes, o meio ambiente e nossos negócios," afirma Torben Carlsen, CEO da DFDS.

A solução de transporte autônomo será desenvolvida ainda mais em termos de tecnologia, gerenciamento de operações e adaptações de infraestrutura, antes que possa ser completamente operacional. Além disso, as precauções de segurança necessárias serão tomadas para atender aos requisitos da sociedade para um caminho seguro para transportes autônomos.

 A Volvo Caminhões e a DFDS são os principais parceiros, mas vários atores estão envolvidos na implementação da primeira tarefa do Vera. A DFDS fornece serviços de balsa e transporte na Europa e na Turquia, gerando receitas anuais de cerca de 17 bilhões de coroas dinamarquesas. Os 8.000 funcionários estão localizados em navios e escritórios em 20 países. A DFDS está sediada em Copenhague e listada na NASDAQ Copenhagen. A iniciativa é realizada com o apoio da agência sueca de inovação Vinnova, da administração de transportes da Suécia e da agência sueca de energia, por meio do programa de pesquisa e inovação de veículos estratégicos FFI.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemCaminhões elétricos e autônomos da Volvo é adequado para serviços portuários

Publicado no Verdesobrerodas



Por A Tarde conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário