Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sexta-feira, 3 de maio de 2019

Tesla modelos S e X estão mais eficientes


A Tesla é reconhecida pela elevada eficiência dos seus veículos na utilização da energia armazenada nas baterias quando comparada com a concorrência existente. 

Agora a marca anunciou que os modelos S e X já estão a ser fabricados com um novo sistema de transmissão/motorização que aumentam ainda mais a respetiva autonomia. O lema parece ser mais rápido, mais autonomia e possivelmente até mais barato que gerações anteriores. 

Desta forma o Model S tem agora uma autonomia de 592 quilômetros e o Model X ficará com 520 quilômetros de autonomia (ambas em ciclo EPA), utilizando a mesma bateria de 100 kWh. Adicionalmente a marca anunciou a introdução de um sistema de suspensão adaptável completamente novo nos modelos S e X para melhoria do conforto de utilização e dinâmica de utilização destes veículos.

Todos os veículos modelo S e X agora recebem a última geração da tecnologia de unidade de transmissão/motorização da Tesla, a qual combina um motor otimizado de relutância síncrono de ímã permanente, eletrônica de potência de carboneto de silício e melhor lubrificação, resfriamento, rolamentos e projetos de engrenagens por forma a conseguir mais de 93% de eficiência na utilização da energia elétrica.

A marca acaba por colocar nestes modelos duas tecnologias diferentes de motor, um motor de ímã permanente na tração dianteira e um motor de indução na tração traseira combinação que permite uma autonomia e desempenho melhorados.

O efeito real desta opção é uma melhoria de mais de 10% na autonomia, com melhorias de eficiência em ambas as direções (bateria/motor), à medida que a energia flui para fora da bateria durante a aceleração e volta para a bateria por meio de travagem regenerativa. 

Além da adição de alcance, a potência e o torque aumentam significativamente em todas as variantes do Modelo S e Modelo X, melhorando os tempos de 0 a 100 km nos modelos Long Range e Standard Range. Adicionalmente a marca aproveitou para compatibilizar esta nova geração dos modelos S e X com a versão V3 dos supercarregadores da marca (até 200 kW) e também melhorias nos supercarregadores V2 (até 145 kW).
 
A marca atualizou igualmente o sistema de suspensão a ar para Model S e Model X com amortecimento totalmente adaptável, proporcionando uma sensação de confiança na circulação do carro e mantendo uma resposta dinâmica adequada em outras condições de condução.

Com o software de controle de suspensão é de desenvolvimento interno, a Tesla incorporou um sistema preditivo para antecipar o tipo de amortecimento necessário com base na estrada, velocidade e outros parâmetros de circulação, incluindo a tipologia de comportamento do condutor. Foi igualmente melhorado o nivelamento do sistema durante a velocidade de circulação em cruzeiro, mantendo o carro baixo e próximo da estrada o que permite otimizar o arrasto aerodinâmico. 

Dentro do habitual na marca este software pode ser atualizado remotamente, não obrigando a idas à oficina para incorporação de novas melhorias ou funcionalidades.

Para complementar estas mudanças, a marca reformulou vários outros componentes do Modelo S e do Modelo X, incluindo novos rolamentos de roda e alguns novos projetos de pneus para determinadas variantes, para assim melhorar a autonomia, o a eficiência de deslocação e a precisão da direção. 

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemTesla modelos S e X estão mais eficientes

Publicado no Verdesobrerodas



Por Auto News conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário