Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quarta-feira, 22 de maio de 2019

Paraná tem frota de 275 veículos elétricos


Após dois anos de ocaso em meio ao auge da crise econômica que ainda assola o Brasil, a frota de veículos voltou a crescer em Curitiba no ano passado e mantém, neste início de 2019, a tendência de alta. Segundo informações do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR), em março último a Capital alcançou a marca de 1.418.309 veículos, com a taxa de 0,74 veículos por habitante no município.

O número representa um recorde histórico para a cidade, que até 2007 possuía uma frota composta por 967 mil veículos – em 12 anos, portanto, houve um crescimento de 46,7%, crescimento este que só não foi ainda mais expressivo porque o aumento da frota, constante até janeiro de 2015, passou a claudicar diante da situação econômica do país.

Atualmente, o Paraná tem 275 veículos elétricos, o que representa 0,003% de uma frota de 7.259.398 (dados de março de 2019) carros, motocicletas, ônibus e caminhões, e ainda é dependente dos veículos movidos a combustíveis fósseis. A maioria esmagadora dos veículos elétricos do Estado se concentra em Foz do Iguaçu (80) e Curitiba (73). Eles estão presentes em apenas 31 cidades, o que representa 7,7% das 399 do Estado.

Os números ainda são tímidos, mas tudo indica que a realidade está prestes a se transformar. O Paraná adota políticas de incentivo para quem utilizar o carro elétrico e também tem pesquisas nesta área em andamento.

Com o intuito de incentivar a aquisição, as metas de sustentabilidade ambiental do Acordo de Paris e a geração de novas tecnologias na área, o governo tem um projeto de lei propondo zerar a alíquota do Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores (IPVA) e uma sugestão ao Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) para tirar o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre a compra dos veículos elétricos.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemParaná tem frota de 275 veículos elétricos

Publicado no Verdesobrerodas



Por Bem Parana conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário