Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

domingo, 26 de maio de 2019

Modelo ID.3 será tiro de largada da Volkswagen na ofensiva elétrica


A apresentação do novo Volkswagen ID.3 significará o verdadeiro tiro de largada para a nova ofensiva elétrica do Grupo Volkswagen. Vem aí uma imensa onda de veículos elétricos sustentados pela nova plataforma MEB. 

As diferentes marcas que compõem o grupo automobilístico serão beneficiadas da mencionada arquitetura. SEAT e Skoda farão o mesmo e lançarão seus próprios carros elétricos a bateria.

Agora, uma das metas mais ambiciosas fixada pelo Grupo VAG é o lançamento de carros elétricos acessíveis que custem menos de 20.000 euros. Atualmente, a maior parte da sociedade enfrenta uma barreira intransponível na hora de comprar um carro novo elétrico. Trata-se do seu elevado preço. Apesar das numerosas ajudas e subvenções disponíveis para sua compra, os números não fecham.

O Grupo Volkswagen é consciente dessa situação e encarregou a SEAT de liderar o projeto de desenvolver carros elétricos acessíveis. Esta nova família de elétricos será composta de modelos da Volkswagen, Skoda e logicamente SEAT. Os custos de produção serão fundamentais para obter um preço de venda o mais reduzido possível. É por isso também que o Grupo Volkswagen escolheu a Eslováquia como o país onde serão fabricados estes novos modelos de zero emissões.

Estes novos carros elétricos acessíveis surgirão nas novas gerações dos Volkswagen e-up! SEAT Mii e Skoda Citigo. Na verdade, sua produção será realizada em uma planta localizada em Bratislava, local onde atualmente são fabricados estes três carros urbanos com mecânica térmica. O lançamento dos elétricos está programado para o ano de 2022 e o mencionado centro de produção permitirá fabricar anualmente 200.000 carros.

Os novos urbanos elétricos do Grupo Volkswagen utilizarão uma versão específica da plataforma MEB. Seu tamanho estará abaixo dos 4 metros de comprimento e o pacote de baterias de íons de lítio será outro fator determinante para alcançar um ponto de equilíbrio ideal entre desempenho e preço. É preciso ter em conta que o habitat natural do segmento A são os ambientes urbanos. Podemos tomar como referência o Smart EQ ForTwo.

Apesar do fato de que em um futuro não muito distante chegará esta nova geração de elétricos do segmento A do Grupo VAG, isto não significa que os modelos atuais passarão a um segundo plano. Em questão de alguns meses, durante o Salão de Frankfurt 2019, será apresentado o novo Volkswagen e-up!, modelo que estreará importantes melhorias, entre elas, uma maior autonomia.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemModelo ID.3 será tiro de largada da Volkswagen na ofensiva elétrica 

Publicado no Verdesobrerodas



Por PlanetCarsz conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário