Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

terça-feira, 14 de maio de 2019

Mercado de energia solar tende a crescer com carros elétricos


Veículos elétricos e energia solar tendem a ser agrupados como parceiros na iniciativa de combate às mudanças climáticas com a eliminação de combustíveis fósseis. Agora, estas duas alternativas disputam componentes de alta tecnologia cuja oferta é escassa.

As peças, transistores elétricos, são fundamentais tanto para carros elétricos quanto para painéis solares na conversão de energia da corrente contínua em alternada para utilização em lâmpadas, eletrodomésticos e, sim, carros.
Com o aumento da produção de veículos elétricos, as fabricantes de componentes solares estão a ser forçadas a esperar quase um ano pelas peças.  "Surpreendeu muita gente", afirmou Brad Meikle, analista de energia solar da Williams Trading. O analista estima que os tempos de espera aumentaram de 8 semanas para mais de 50 semanas.

Uma das empresas mais afetadas foi a Enphase Energy, fabricante de inversores solares, que na terça-feira culpou a escassez de peças pela redução das receitas no primeiro trimestre e margens menores. Uma de suas principais concorrentes, a SolarEdge Technologies, disse que também enfrenta falta de componentes.

 Parte do problema é que os fabricantes de componentes, que também são usados em produtos eletrônicos de consumo, estavam relutantes em aumentar a capacidade, afirmou Jeffrey Osborne, analista da Cowen & Co. Mas, como as empresas agora estão a fazer encomendas com 18 a 24 meses de antecedência, fabricantes de transistores têm aumentado a produção. Isto ajudou a reduzir o tempo de espera para cerca de 45 semanas, disse Meikle.

 Além disso, as empresas têm fechado encomendas de longo prazo. A Enphase, por exemplo, assinou um acordo de vários anos com um dos principais fabricantes de componentes, a Infineon Technologies. Outros fabricantes incluem a Vishay Intertechnology. "O problema já ficou bem para trás ", disse Osborne.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemMercado de energia solar tende a crescer com carros elétricos

Publicado no Verdesobrerodas



Por Jornal de Negócios conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário