Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sábado, 4 de maio de 2019

Los Angeles tem plano que prevê 100% de veículos elétricos


A cidade de Los Angeles, nos Estados Unidos, acaba de criar uma meta ambiciosa para diminuir as emissões, até o ano de 2050, de dióxido de carbono (CO2), um gás estufa e grande culpado pelo aquecimento global. O prefeito, Eric Garcetti, lançou nesta semana um plano que prevê 100% de veículos elétricos, uso de energia limpa e reciclagem de toda a água e lixo.

“Com incêndios em nossas encostas e inundações em nossas ruas, as cidades não podem esperar mais para enfrentar a crise climática. Los Angeles está liderando o movimento, com uma visão clara para proteger o meio ambiente e fazer nossa economia funcionar para todos”, disse Garcetti ao apresentar o projeto de 150 páginas.

Entre os objetivos, estão aumentar a frota de veículos elétricos da cidade para 25% em 2025, chegando a 80% em 2035 e 100% em 2050. Até 2028, nos casos em que for possível, os ônibus do transporte público serão convertidos para emissão zero de CO2. Além disso, há previsão para instalação de 400 postos de carregamento para veículos elétricos em prédios públicos e parques, além de outros 500 pontos em ruas da cidade.

Os detalhes de como os projetos serão financiados não foram divulgados, segundo a Forbes. A cidade, diz a publicação, provavelmente precisará do auxílio da comunidade e do setor privado para alcançar seu objetivo. Vale lembrar que o município serve de laboratório para que Elon Musk (fundador e CEO da companhia de carros elétricos Tesla) desenvolva seu projeto de transporte urbano subterrâneo de alta velocidade por meio da empresa Boring Company.

O prefeito Garcetti também lançou um novo programa de emprego para ajudar a preencher 400 mil vagas que devem ser criadas até 2050 para sustentar a transição para a energia limpa e neutralidade de carbono, o que inclui a instalação de painéis solares e casas mais eficientes. Só a ampliação da rede pública de carregadores de carros elétricos deve criar 1.500 empregos até 2025.

Los Angeles não está sozinha ao estabelecer projetos sustentáveis nos Estados Unidos. Até 2032, a capital Washington D.C. espera usar apenas energia de fontes renováveis. E, até 2045, a expectativa é que todos os veículos sejam movidos a energia limpa.  Califórnia e Havaí também estão caminhando em direção ao uso apenas de energia renovável, assim como quase uma centena de cidades.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável


PostagemLos Angeles tem plano que prevê 100% de veículos elétricos

Publicado no Verdesobrerodas



Por Época Negócios conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário