Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sábado, 18 de maio de 2019

Como será o Land Rover na era dos modelos elétricos, conectados e autônomos?


O primeiro Land Rover da história, denominado Defender em seus últimos dias, anunciou sua despedida em março de 2016. 

Então parecia não haver espaço em um futuro dominado pelo veículo elétrico, conectado e autônomo para um carro com suas características, um ‘veterano de guerra’.

No entanto, as vendas da marca britânica não demoraram muito a ressentir-se uma vez entregues as últimas unidades, e da mesma forma, as homenagens ao modelo não demoraram a chegar na forma de versões mais ou menos artesanais como o Defender EV - de zero emissões - ou o espetacular Flying Huntsman 6x6 Soft Top que mostramos na ocasião e que pode ser uma alternativa ao Mercedes-Maybach G 650 Landaulet.

Há um bom tempo comentamos sobre alguns rumores que apontavam o regresso do Land Rover Defender, tomando como referência o concept DC 100. E agora o regresso do todo-terreno já é uma realidade que pouco a pouco começamos a ver com mais detalhes. Agora, após vê-lo com o corpo modificado de um Range Rover Sport e depois em diversos testes com uma densa camuflagem, o novo Defender 2020 surge novamente nos Jogos Invictus 2019, com sua versão alongada já vista previamente, mas com uma nova e mais leve camuflagem que mostra alguns novos traços em sua carroceria que revela um design puramente Defender, mas que começa a sugerir uma aproximação às musculosas e modernas linhas inauguradas pelo Evoque e que chegaram às famílias Discovery e Range Rover.

Estas e outras imagens recentes confirmam que a Land Rover já está trabalhando em um intenso programa de desenvolvimento (que já rodou mais de 1.2 milhões de km por meio mundo) não só sobre a plataforma mecânica do Defender 90, o modelo de três portas e chassi curto, como também na versão maior Defender 110, com a qual seguramente chegará ao mercado ao mesmo tempo. 

Em declarações à mídia especializada, um dos altos cargos da Land Rover assegurou que o adeus desse modelo havia sido “um dos momentos mais duros de sua carreira na marca” e se mostrou satisfeito com o rendimento do novo, já em fase de testes. “Eu o testei frente a alguns de seus concorrentes mais fortes longe do asfalto e ele é sensacional”, disse o executivo.

Mas esta renovação do modelo traz algumas mudanças que talvez não estejam de acordo com os mais puristas, como a chegada de uma suspensão totalmente independente e os motores turbodiesel de 2.0 litros Ingenium, que demonstraram comportar-se muito bem nestes anos. É claro que não se pode descartar a chegada de uma versão híbrida à linha. “Acreditamos que para um ícone continuar sendo um ícone não só é preciso olharmos para trás, como também devemos mover-nos para frente. O Defender estará novamente em ação. A única coisa que posso prometer é que o novo Defender será tudo que nossos clientes esperam dele, sem ser uma cópia do que se viu antes”, assegurou Félix Bräutigam, diretor de marketing da Jaguar Land Rover no Salão de Paris de 2018.

Segundo comenta-se, os planos da Land Rover passam por oferecer em sua linha um todo-terreno espetacular, com versões mais potentes e luxuosas para competir com o Mercedes-Benz G Class, especialmente nos Emirados Árabes, China e outros mercados asiáticos, e também na Europa e Estados Unidos. Agora, a principal dúvida reside em saber quando o novo Land Rover Defender estará pronto, mas se tudo andar como o previsto, deverá chegar aos concessionários ainda este ano de 2019.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável


PostagemComo será o Land Rover na era dos modelos elétricos, conectados e autônomos? 

Publicado no Verdesobrerodas



Por PlanetCarsz conteúdo


Nenhum comentário:

Postar um comentário