Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quarta-feira, 3 de abril de 2019

SEAT revela detalhes da transição para a mobilidade elétrica


A SEAT confirmou vários detalhes relevantes sobre seu roteiro que marca o rumo da transição da empresa para a mobilidade elétrica. Até o próximo ano de 2021 a marca espanhola lançará ao mercado seis novos modelos de mecânica elétrica e híbrida plug-in. A agenda para a próxima década significará um ponto de inflexão no futuro da SEAT.

Os dois primeiros carros elétricos que a SEAT lançará ao mercado serão a versão elétrica do SEAT Mii e a versão de produção do SEAT el-Born, apresentado recentemente no Salão de Genebra 2019.
Em relação aos primeiros híbridos plug-in da empresa, será o novo SEAT León e o SEAT Tarraco, os dois modelos que incorporarão à sua linha uma mecânica PHEV (Plug-in Hybrid Electric Vehicle).

Também foi confirmado que o novo CUPRA León e o CUPRA Formentor também contarão com uma versão híbrida plug-in. Luca de Meo, CEO da SEAT, foi o encarregado de fazer estes relevantes anúncios em um evento onde foram dados todos os detalhes sobre os resultados da empresa em 2018.

Luca de Meo também anunciou que o CUPRA Formentor será fabricado na Espanha. A versão de produção do concept car que também foi revelado no Salão de Genebra 2019 será produzida na planta da SEAT em Martorell. Em questão de alguns anos a SEAT passará de não ter nenhum automóvel eletrificado em sua linha, a contar com uma autêntica família de carros elétricos e híbridos plug-in.

Outro dos anúncios mais relevantes feitos por Luca de Meo tem a ver com um importante projeto em que a SEAT embarcará. A marca desenvolverá uma nova plataforma para veículos elétricos. Para o desenvolvimento dessa arquitetura a SEAT trabalhará diretamente com a Volkswagen e será uma versão menor da plataforma MEB (Modular de Propulsão Elétrica).

A nova plataforma da SEAT para carros elétricos será destinada a veículos por volta de 4 metros de diferentes marcas do Grupo Volkswagen, entre elas a SEAT. Um dos objetivos dessa plataforma é poder lançar ao mercado carros elétricos com um preço de entrada abaixo dos 20.000 euros.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemSEAT revela detalhes da transição para a mobilidade elétrica.

Publicado no Verdesobrerodas



Por PlanetCarsz conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário