Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sábado, 13 de abril de 2019

Salão de Shanghai revelará novidades da mobilidade elétrica


Está tudo preparado para a celebração do Salão de Shanghai 2019, o evento mais importante do ano para o setor automotivo chinês. Fabricantes locais e estrangeiros aproveitarão a vitrine mundial que significará este evento, para revelar tanto novidades destinadas ao gigante asiático como modelos que muito em breve estarão também nos concessionários de outras regiões do globo.
A Renault é uma das marcas que estará presente no Salão de Shanghai 2019. A marca francesa opera na China através de uma joint-venture com a Dongfeng. A grande novidade que a marca preparou para esse evento está relacionada com a mobilidade elétrica. Trata-se nem mais nem menos do primeiro carro elétrico da Renault para a China.

Batizado como Renault City K-ZE, por enquanto não foi divulgada nenhuma imagem oficial, mas a Renault confirmou que estreará nesse salão do automóvel. O novo City K-ZE foi antecipado através de um modelo conceitual que foi apresentado na Europa no ano passado no Salão de Paris, o Renault K-ZE Concept.

A Renault destaca que o lançamento do City K-ZE se engloba dentro de sua ofensiva elétrica mundial. Se tornará o sexto veículo elétrico do Grupo Renault. Apesar de se tornar a ponta de lança da linha elétrica da Renault na China, esse novo modelo também será vendido fora do gigante asiático. Seu preço será um dos fatores cruciais, assim como a autonomia e o seu desempenho.


O Renault City K-ZE que será vendido na China será produzido localmente. Como assinalado previamente, a marca francesa tem como sócio principal no país a Dongfeng, um dos fabricantes chineses mais importantes. Seu nome indica que será destinado principalmente a ambientes urbanos, embora sua autonomia, que rondará os 250 quilômetros, lhe permitirá efetuar viagens interurbanas com total comodidade.

Esteticamente guardará uma estreita relação com o Renault Kwid, um dos modelos mais importantes da Renault em determinados mercados emergentes. No entanto, também mostrará uma personalidade própria graças aos diferentes acabamentos e traços diferenciadores. O equipamento tecnológico será outro ardil oferecido pelo Renault City K-ZE para cativar o público chinês.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemSalão de Shanghai revelará novidades da mobilidade elétrica

Publicado no Verdesobrerodas



Por PlanetCarsz conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário