Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

terça-feira, 2 de abril de 2019

Renault acentuará sua aposta nos veículos elétricos


A Renault vai acentuar a sua aposta nos veículos elétricos, estando já assegurado o lançamento de um modelo de segmento C para rivalizar com o Volkswagen ID, com base numa plataforma dedicada para automóveis elétricos.

Em declarações ao site britânico Auto Express, o diretor do programa de veículos elétricos da Renault, Eric Feunteun, confirmou que a marca terá um elétrico para o segmento C (apenas em 2022), o mesmo do Mègane e do Volkswagen Golf na atualidade, mas também do ID no próximo ano.

“A minha resposta é muito clara. Sim, vamos para o segmento C e, sim, vamos entrar [nesse] com uma bateria maior, de certeza”, referiu, alertando ainda que é preciso encontrar um custo aceitável para a bateria para que o veículo seja “uma oferta competitiva”. 

“Se o fizermos [entrar no segmento] com os custos atuais das baterias, então estaríamos ao nível do preço dos nossos rivais de luxo. Se quisermos ir para o segmento C, D ou E – podemos ver o que a Tesla e a Jaguar estão a fazer – temos de ir com baterias grandes.

Mas isso também significa carros muito caros. Acredito fortemente que o ADN da Renault é lançar tecnologia acessível. O Zoe é o carro elétrico mais acessível do mercado e o preço é o seu fator decisivo”, acrescenta. 
 
O que já parece garantido é o facto de contar com uma plataforma elétrica dedicada concebida em parceria com o resto da Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi e que servirá para diversos modelos elétricos no seio desta. 

A sua configuração deverá possibilitar ganhos consideráveis na habitabilidade e uma autonomia superior a 400 quilômetros.
Feunteun revelou, ao mesmo tempo, que o Zoe será mantido e atualizado para se manter como uma das propostas mais combativas do mercado europeu: “vamos continuar no segmento B, que é o nosso mais forte e que é o coração do mercado europeu”. 

Quanto ao estilo desse rival para o ID da Volkswagen, é de prever que siga os mesmos conceitos apresentados pelo Symbioz Concept e pelo EZ Ultimo Concept.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemRenault acentuará sua aposta nos veículos elétricos

Publicado no Verdesobrerodas



Por Motor 24 conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário