Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

domingo, 28 de abril de 2019

Peugept e-Legend não chegará ao mercado


Ficou no ar a possibilidade de ter uma versão do e-Legend feita para um restrito grupo de compradores, depois veio o rumor que a Peugeot poderia lançar o carro sem ser totalmente elétrico. Carlos Tavares, o CEO do PSA Group acabou com o sonho: o Peugept e-Legend é um protótipo que celebra os 50 anos do Peugeot 504 Coupé e ponto final!

Foi exatamente isso que foi dito quando o carro apareceu no Salão de Paris de 2018, mas a beleza do modelo fez sonhar muitos observadores e muitos clientes.
E levado nessa onda, Jean Philippe Imperato, CEO da Peugeot, acabou por dizer que haveria uma possibilidade do carro ser lançado como parte da gama Peugeot, desde que a petição pública lançada por um conjunto de adeptos da marca e do e-Legendchegasse às 500 mil assinaturas. Um assomo de entusiasmo que não agradou a Carlos Tavares. E a verdade é que a referida petição ainda não ultrapassou as 60 mil assinaturas.

Como referimos, a Peugeot anunciou o carro como um protótipo que, em primeiro lugar, homenageava os 50 anos do 504 Coupé. Depois, era uma montra tecnológica para mostrar a mobilidade elétrica e autônoma. Para que o carro chegasse á produção em série, seria necessário que, pelo menos, 20 mil interessados pagassem 80 mil euros por cada unidade, para que o projeto fizesse sentido financeiramente.

Mas isso não irá acontecer, pois Carlos Tavares despejou um balde de água gelada sobre o assunto e sobre os adeptos do e-Legend ao deixar claro, na assembleia geral da PSA, decorrida (5ª feira) que o Peugeot e-Legend nunca chegará à produção em série.

“Os impulsos emocionais não chegam nem podem servir para tomar decisões deste calibre, especialmente numa época como esta” disse o patrão do PSA Group, num assomo de enorme pragmatismo e, sobretudo, responsabilidade. O grupo não pode entrar em devaneios, porque após os brilhantes resultados de 2018, as vendas do PSA Group, em todo o mundo, caíram 15,7% no primeiro trimestre de 2019.

Portanto, o Peugeot e-Legend nunca deixará o mundo dos protótipos, restando esperar que num futuro mais próximo que longínquo, a ideia possa ser aproveitada de alguma forma.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemPeugept e-Legend não chegará ao mercado

Publicado no Verdesobrerodas



Por Auto+ conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário