Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

terça-feira, 5 de março de 2019

Mercedes-Benz aumenta aposta nos híbridos Plug-in


A aposta da Mercedes-Benz nos híbridos Plug-in estende-se este ano aos modelos a gasolina de nova geração, com a introdução no terceiro trimestre dos novos Classe A e B 250e EQ Power com potência de 265 CV.

Num desenvolvimento totalmente a cargo da marca germânica, esta solução híbrida Plug-in propõe maior eficiência e redução nos custos de utilização, tendo como base a mesma motorização que hoje dá entrada às gamas a gasolina de ambos os modelos.

Trata-se do motor de alta eficiência desenvolvido em parceria com a Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi, com uma cilindrada de 1332 cc com injeção direta e turbocompressor.

Em associação a esse motor, a versão 250e EQ Power terá associada um motor elétrico de alta capacidade, num sistema elétrico que permitirá uma autonomia sem emissões entre os 50 e os 70 quilômetros.

Estas versões são propostas pela Mercedes-Benz como alternativas de elevada eficiência e baixos custos para quem tem uma condução mais determinada pela vida urbana, percorrendo distâncias mais curtas.

Por outro lado, a chegada dos Diesel Plug-in de nova geração é assumida como uma solução de alta tecnologia para quem dá mais utilização ao automóvel para viagens longas de forma mais frequente, aliando assim a poupança permitida pela tecnologia Diesel às zero emissões do módulo elétrico.

Com efeito, esta solução que alia a eficácia e baixos consumos, está presente desde janeiro na Classe E e estará também presente no Classe C a partir de julho. No total, são 316 CV com baixas emissões anunciadas: 38 g/km de CO2 na versão Limousine e 41 g/km de CO2 na variante Station, com consumos em redor dos dois litros. Isso é permitido pela autonomia WLTP de 50 km em modo elétrico.

No total, entre Plug-in a gasolina e Diesel, serão 13 as novas soluções mais ecológicas a serem lançadas pela marca este ano.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemMercedes-Benz aumenta aposta nos híbridos Plug-in

Publicado no Verdesobrerodas



Por Motor 24 conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário