Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quinta-feira, 21 de março de 2019

GM parece apostar em carro elétrico na Ásia


A ofensiva elétrica da General Motors na China está em marcha. O gigante automobilístico americano vem trabalhando há um bom tempo em uma linha de veículos eletrificados com os quais pretende aumentar sua participação no país asiático em relação à mobilidade elétrica. O volume de vendas de carros elétricos e híbridos na China é muito importante, por isso, inúmeros fabricantes apostam em desenvolver produtos específicos para aquele mercado.

Durante os próximos cinco anos a General Motors lançará na China um total de 9 veículos eletrificados. Lançamentos que serão produzidos a partir deste mesmo ano até 2023. Se englobam dentro de um roteiro que contempla 60 lançamentos, entre novos modelos e renovação dos comercializados atualmente. Chevrolet, Buick e Cadillac serão as marcas protagonistas.

A General Motors introduzirá nove carros elétricos e híbridos plug-in. Todos eles serão produzidos localmente. Esse ambicioso plano poderá ser realizado graças à aliança mantida entre General Motors e SAIC na China. Os dois primeiros veículos eletrificados dos nove que estão programados mostrarão os emblemas da Buick e da Chevrolet. O primeiro deles é o Buick Velite 6 enquanto que o segundo será um novo carro elétrico da Chevrolet.

Estes primeiros lançamentos acontecerão este ano e estarão acompanhados de 16 veículos a gasolina - tanto novos como renovados. Estes novos modelos acompanharão os atuais Buick Velite 5 e Cadillac CT6 Plug-in Hybrid. Além disso, segundo informou a GM-SAIC, durante os próximos anos será estendida a grande parte da linha a tecnologia semi-híbrida de 48 volts.

O objetivo principal é a redução de emissões para poder cumprir com o roteiro estabelecido. No entanto, o eixo central da ofensiva elétrica da General Motors na China continuarão sendo os veículos totalmente elétricos e os híbridos plug-in. Além disso, e não menos importante, a GM espera que estes lançamentos sirvam para reverter os seus resultados de vendas.

Durante o ano de 2018 as vendas da General Motors na China registraram uma queda de 9.9%. Baojun e Buick, duas das marcas que a GM opera no gigante asiático, foram as que maiores quedas reportaram.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável


PostagemGM parece apostar em carro elétrico na Ásia

Publicado no Verdesobrerodas



Por PlanetCarsz conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário