Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sexta-feira, 8 de março de 2019

Concept elétrico da Fiat é surpresa no Salão de Genebra


A maior surpresa do Salão de Genebra 2019? Acreditamos que sim. No ano em que celebra o seu 120º aniversário a Fiat revela o Concept Centoventi (120 em italiano), um protótipo de um compacto carro elétrico que, ao que tudo indica, dá pistas muito claras sobre o sucessor do Fiat Pandareparem no peluche Panda no interior

O Fiat Concept Centoventi expressa a ideia da marca italiana de “mobilidade elétrica para as massas para o futuro próximo”, apostando, assim, num conceito de personalização extrema… e não só. Como a Fiat o define, o Concept Centoventi é uma “tela em branco” para ir de encontro aos gostos e necessidades de todos os clientes — é produzido em apenas uma cor, mas tem à escolha quatro tipos distintos de tetos, para-choques, embelezadores para as rodas e “wrappings” (película exterior).

O interior segue esta lógica, com múltiplas opções de personalização — sejam ao nível das cores ou até do info-entretenimento, e seguindo até uma lógica plug and play, podemos encontrar no tablier múltiplos buracos que permitem encaixar os mais vários acessórios, com um sistema patenteado de encaixe, tal e qual se tratasse de peças Lego.

A Fiat pretende com esta abordagem eliminar a necessidade de edições especiais ou restylings, já que a natureza modular do Centoventi permite que o seu utilizador o personalize ou até atualize a qualquer momento — imaginem trocar os módulos dos pára-choques e guarda-lamas por outros com outras cores ou até de desenho distinto.

Poderão estar aqui as fundações para um novo modelo de negócio, que além de envolver os concessionários, para montar seis dos 120 acessórios disponíveis (via Mopar) — pára-choques, tetos, revestimento da carroceria, painel de instrumentos, baterias e portão traseiro digital —, podemos ser nós a montar (em casa) os restantes 114 acessórios à escolha, comprando-os online.

Ao contrário de outras propostas 100% elétricas, o Fiat Concept Centoventi não vem com um conjunto de baterias fixo — estas são também modulares. De fábrica todos saem com uma autonomia de 100 km, mas caso precisemos de mais autonomia, podemos adquirir ou alugar até três módulos adicionais, cada um a proporcionar 100 km extra. As baterias “extra” têm de ser montadas no concessionário, mas graças à integração de um sistema de carril deslizante, a montagem e desmontagem destas é fácil e rápida.

Existe ainda uma bateria adicional, a colocar por baixo do banco, que pode ser removida e carregada diretamente na nossa casa ou garagem, como se tratasse de uma bateria de uma bicicleta elétrica. No total o Fiat Concept Centoventi pode ter uma autonomia máxima de 500 km. 

O Fiat Concept Centoventi, apesar dos tiques de concept — portas suicida e ausência de pilar B —, aponta para o sucessor do atual Panda (apresentado em 2011), que poderá surgir em 2020 ou 2021.

A Fiat afirma que o Concept Centoventi é o elétrico a baterias mais barato do mercado — cortesia das baterias modulares —, assim como é o mais fácil de limpar, reparar ou manter — até parece referir-se a ele já como um carro de produção…

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável


PostagemConcept elétrico da Fiat é surpresa no Salão de Genebra

Publicado no Verdesobrerodas



Por Razão Automóvel conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário