Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quarta-feira, 20 de março de 2019

Clio inova com motor híbrido E-TECH


O motor híbrido E-TECH é uma das principais inovações do novo Clio. Este sistema de propulsão apresentado no Salão de Genebra e disponível a partir de 2020, combina condução dinâmica com uma gestão diferente de energia, combinando a propulsão elétrica com o combustível tradicional. 

Este motor híbrido E-TECH foi desenvolvido internamente na Renault, aplicando a extensa experiência do grupo em veículos elétricos e motores híbridos, já comuns na Fórmula 1.

Com base no motor do conceito Eolab 2014, a tecnologia “full hybrid” da Renault E-TECH foi desenvolvida internamente e está protegida por aproximadamente 150 patentes. O projeto é focado em uma caixa de transmissão DHT (Dedicated Hybrid Transmission) multimodo inteligente que pode lidar com vários motores ao mesmo tempo. 

Neste caso, a caixa de velocidades é utilizada para controlar um motor a gasolina e dois motores elétricos que alimentam as rodas, simultânea ou independentemente. 

A experiência da Renault no desenvolvimento de veículos elétricos foi aplicada neste conceito híbrido com três fontes de tração e recuperação de energia. O novo Clio E-TECH oferecerá uma experiência híbrida única: arranque automático em modo elétrico, aceleração altamente responsiva e uma travagem regenerativa de eletricidade semelhante ao que proporciona um veículo puramente elétrico. 

O resultado desta combinação é que até 80% da condução urbana será feita em modo elétrico, com até 40% de economia de combustível em comparação com um veículo com motor de combustão interna em um ciclo de direção urbana.

O design modular do motor híbrido Renault E-TECH significa que ele tem duas versões, a versão “full hybrid” descrita acima e usada no novo Clio, e uma versão “recarregável full hybrid”, chamada de “E- TECH plug-in”.

Este último estará disponível a partir de 2020 para a gama Renault nos modelos Captur e Mégane. O Captur será o primeiro em sua categoria (segmento B, SUV urbano) a apresentar um motor híbrido plug-in. Isto significa que pode ser conduzido em modo 100% elétrico durante várias dezenas de quilômetros.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemClio inova com motor híbrido E-TECH

Publicado no Verdesobrerodas



Por Auto News conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário