Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Parceria da Renault e Mercedes pode estar chegando ao fim


Segundo alguns rumores, o futuro da smart está em equação da Daimler, pois a transformação em marca puramente elétrica poderá não ser suficiente para a manter viva.

Não tendo confirmação oficial, a verdade é que fontes internas da Daimler dizem que a smart pode acabar caso a Renault decida terminar com a parceria que atualmente mantém com a Mercedes e que permite carros como o ForFour, na essência, um clone do Twingo. 

Parece que a parceria entre a Renault e a Mercedes foi benéfica para a smart, menos para a Renault e por isso, a casa francesa está a ponderar terminar a parceria quando o Renault Twingo chegar ao final do seu ciclo de vida.

Além desta situação, a Mercedes saiu-se muito bem com o Classe A e percebeu que a sua imagem não é danificada por descer na escala dos segmentos, pelo que com a marca EQ a assegurar a parte elétrica da gama, a Mercedes pode descer um pouco mais na gama e oferecer utilitários e citadinos com a estrela de três pontas a ornamentar o capô.

Mas, e se o smart fosse como este que revelamos nas fotos? Seria este carro capaz de salvar a smart?

Desenhado por Robert Hahn, foi alcunhado de smart EQ4 e, claro, manterá o foco na motorização elétrica. Pelas dimensões, poderia ser um rival do Tesla Model 3 e utilizar as mais recentes evoluções em termos de motorização elétrica, condução autônoma e muita outra tecnologia.

Seja como for, é uma boa tentativa, embora seja complicado que alguma vez a smart possa ter um carro que se iguale ao Classe A, pois a marca EQ terá esse produto na sua gama. Por isso, a smart ficará entregue aos citadinos, pelo visto, até que a Renault queira. Depois disso, logo se verá.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemParceria da Renault e Mercedes pode estar chegando ao fim 

Publicado no Verdesobrerodas



Por Auto+ conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário