Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

Fusão da Tesla com a Maxwell depende de autorização


O fabricante de automóveis pretende adquirir a empresa norte-americana Maxweel Technologies um fabricante especializado em baterias de tecnologias avançadas, designadamente os ultra-capacitadores e pseudo-capacitadores (as chamadas de “baterias sólidas”), por exemplo, que podem ser carregados de forma muito rápida e têm capacidades de armazenamento superior às atuais baterias de lítio para um mesmo volume.

Nos números tornados públicos, trata-se de um negócio de fusão entre a Tesla e a Maxwell, ainda dependente de autorizações da entidade da concorrência, e que pela valorização das ações do fabricante de baterias, corresponde a um valor de aproximadamente 200 milhões de dólares americanos. Neste negócio a Maxwell passará a ser uma subsidiária da Tesla, recebendo esta também o direito de aplicar as patentes da Maxwell. 

Melhorar o desempenho da bateria dos automóveis tem sido o grande objetivo dos fabricantes de veículos elétricos e assim não é de surpreender esta aquisição da Tesla, que tem muita experiência nas já tradicionais baterias de íons de lítio.

Num artigo científico publicado no ano passado, os pesquisadores da Maxwell, Joon Shin e Hieu Duong, disseram que a empresa desenvolveu elétrodos de bateria "secos" que permitiram "densidade de energia incomparável e ciclo de vida mais longo" em comparação com a solução de lítio, tem temperaturas de operação mais amplas, ciclos de vida mais longos e adicionalmente também é um processo menos poluente aquando da reciclagem em fim de vida. 

Outra das especializações da Maxwell são baterias específicas para utilização em transporte pesado como comboios, ônibus e tratores de caminhões.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável


PostagemFusão da Tesla com a Maxwell depende de autorização

Publicado no Verdesobrerodas
Por AutoNews conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário