Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Tesla poderá comprar fábricas da GM


Elon Musk, CEO e fundador da Tesla, pondera adquirir as fábricas que a General Motors (GM) pretende encerrar nos Estados Unidos, notícia a CNBC. 

Entrevistado no programa norte-americano, “60 minutos”, no qual o CEO falou sobre o comportamento “errático” durante o verão que lhe valeu a perda do cargo de chairman da Tesla, Elon Musk admitiu que “é possível que a Tesla esteja interessada”. “Se eles [a GM] venderem ou não utilizarem as fábricas, a Tesla poderá comprar”, disse Elon Musk.

No final de novembro, a GM, para executar a estratégia de focar-se na produção de caminhões e SUV (da sigla inglesa, Sport Utility Vehicles), acompanhando as tendências da procura norte-americana, revelou planos para reduzir os custos operacionais e que passam pelo encerramento de cinco fábricas e de despedir cerca de 14.000 trabalhadores. As fábricas visadas pela GM situam-se nos estados do Ohio, Michigan, Maryland e ainda na província canadiana de Ontario.

O encerramento das fábricas da GM constitui uma oportunidade para a Tesla. Aliás, em 2010, a Tesla comprou uma fábrica da GM em Fremont, no estado da Califórnia, onde se situa atualmente a fábrica de produção principal da Tesla. A construtora elétrica tem sentido dificuldades em acelerar a produção do sedan elétrico, o Modelo 3 da Tesla. A empresa construiu outra linha de montagem, com a estrutura de uma tenda, perto da fábrica de Fremont, aumentando a produção em 50%.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemTesla poderá comprar fábricas da GM

Publicado no Verdesobrerodas



Por Jornal Económico conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário