Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

segunda-feira, 24 de dezembro de 2018

Lamborghini com motor elétrico custará mais de €2.5 milhões


A Lamborghini entrará na terceira década do milênio com um novo Aventador que chegará com uma novidade: uma motorização híbrida tendo como base o motor V12.

A marca de Sant’Agata Bolognese não abre mão do desempenho e do estilo surpreendente dos seus carros e, por isso, mais uma vez o Aventador será brutal e conhecerá um adiantamento já em 2019 quando a marca italiana lançará um hipercarro limitado a pouquíssimas unidades a um preço superior a 2.5 milhões de euros.

Já se sabe que o novo Aventador terá uma motorização híbrida - será o segundo modelo da marca, depois do SUV Urus, a utilizar a eletrificação - com tecnologia de 48 volts e tendo como base o motor V12, que a casa italiana usa no Aventador atual.

Na verdade, o caminho da hibridação não é uma escolha, mas sim uma imposição para cumprir com as normas e como disse Maurizio Reggiani, o responsável técnico da Lamborghini, “serão as leis que determinarão o nível de eletrificação que iremos necessitar e quantos quilômetros teremos de rodar em modo elétrico.”

Os carros da Lamborghini terão que emagrecer entre 150 e 200 quilos para acomodar o sistema híbrido, ou então a marca italiana irá ceder e apresentar carros mais pesados com a penalização em termos de desempenho. Isso porque como qualquer engenheiro poderá confirmar, mais vale menos peso que mais potência.

O LB48H, nome de código do hipercarro que a Lamborghini lançará em 2019, será propulsionado pelo mesmo motor V12 que equipará o novo Aventador - ainda não se sabe se o nome será mantido, mas certamente sempre haverá o nome de um touro espanhol -, pois o bloco terá um motor elétrico para aumentar a performance e reduzir as emissões e o consumo.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemLamborghini com motor elétrico custará mais de €2.5 milhões

Publicado no Verdesobrerodas



Por PlanetCarsz conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário