Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

domingo, 9 de dezembro de 2018

Aumenta investimentos na produção de hidrigênio para carros fuel-cell


Após o grande salto na indústria de automóveis com o advento do carro elétrico, começa a se tornar realidade os veículos movidos a hidrogênio. Com o mesmo motor utilizado nos elétricos, os carros movidos a hidrogênio, ou os “fuel-cell vehicle” (FCV na sigla em inglês, ou “veículo movido a célula de combustível”), têm ainda alguns fatores limitantes. Além do alto preço – a tecnologia ainda é muito cara –, a estrutura de abastecimento é escassa.

De olho nesse mercado futuro, a Air Liquide, empresa líder mundial em gases, tecnologias e serviços para a indústria e saúde, construirá nos Estados Unidos a primeira usina de hidrogênio líquido de classe mundial, especificamente para abastecer o mercado de energia à base de hidrogênio. Além da usina, a Air Liquide firmou contrato de longo prazo com a empresa FirstElement Fuel Inc. (FEF), líder em infraestrutura de hidrogênio de varejo nos EUA, para fornecer hidrogênio aos seus postos de abastecimento de combustível líquido na Califórnia.

Os dois novos projetos têm como meta atender as crescentes necessidades do mercado de mobilidade à base de hidrogênio no estado do oeste americano. Eles também pretendem contribuir para viabilizar e complementar a demanda por veículos elétricos movidos à célula de combustível, dando suporte ao comércio de hidrogênio em todo o estado.

Começando com transporte e mobilidade, a nova usina de hidrogênio é o primeiro investimento em larga escala numa infraestrutura da cadeia de suprimentos, necessária para sustentar as soluções de energia de hidrogênio que visam a transição energética.
A usina da Air Liquide segue o ritmo de lançamentos de veículos elétricos movidos a células de combustível que, segundo a companhia, atingiu um nível que requer uma escala crescente de investimentos, abrindo caminho para o crescimento da mobilidade ecológica em outras regiões.

Além do contrato de fornecimento de longo prazo, a Air Liquide e a FEF firmaram um acordo que apresenta a intenção da empresa de realizar investimentos de capital na FEF, como fez anteriormente junto à Toyota e à Honda. Agora, a Air Liquide solidifica a sua colaboração com as duas montadoras japonesas por meio de uma infraestrutura robusta de abastecimento de hidrogênio, reforçando, juntamente com outras empresas, o lançamento de veículos elétricos movidos à célula de combustível e a infraestrutura de abastecimento do varejo na Califórnia.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemAumenta investimentos na produção de hidrigênio para carros fuel-cell

Publicado no Verdesobrerodas



Por Adamo Bazani conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário