Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Pick-up elétrica RT1 tem autonomia de 650 km


O primeiro veículo da Rivian Automotive parece apontar diretamente ao coração dos americanos. Esta jovem companhia apresentou no Salão de Los Angeles o seu primeiro veículo na forma de uma pick-up elétrica, a RT1, que se demarca pela autonomia aproximada de 650 quilômetros.

Com uma aposta clara na tecnologia elétrica aliada à versatilidade e aventura, a RT1 resulta de quase uma década de investigação e de desenvolvimento, com foco claro na sua capacidade de utilização: assim, terá quatro motores elétricos de 147 kW cada para uma potência combinada que pode ser configurada entre os 300 kW e os 562 kW (neste caso, 750 CV).
O sistema de vetorização de binário permite controlar de forma precisa a entrega da potência às rodas, mesmo fora do asfalto. Algo que se revela importante quando o binário total é de 1120 Nm.

A energia para alimentar esses motores provém de baterias de elevada capacidade, com três opções à escolha dos clientes: a mais acessível tem uma capacidade de 105 kWh e a mais potente de 180 kWh, ficando pelo meio a opção intermédia de 130 kWh.

Em termos de autonomia, as estimativas apontam para qualquer coisa entre os 370 quilômetros da bateria de menor capacidade e os cerca de 650 quilômetros da versão com bateria de 180 kWh. A velocidade máxima é de 201 km/h, ao passo que a aceleração dos zero aos 100 km/h cumpre-se em menos de três segundos, segundo a Rivian.

As baterias, tal como sucede em muitos outros fabricantes, ficam alojadas no piso do veículo, assim criando espaço para cinco ocupantes e espaço para bagagens, além de baixar o centro de gravidade. Para proezas de todo-o-terreno, além dos ângulos de ataque bem concebidos (ataque: 34º; saída: 30º; ventral: 26º), dispõe ainda de capacidade de reboque de 5000 kg e de 800 kg de carga. E, mesmo sendo elétrica e comprovando que os mitos de perigo são infundados, a RT1 consegue superar água até um metro de profundidade.

Com quase cinco metros e meio de comprimento, esta é uma pick-up muito adequada aos gostos dos americanos, com muitos espaços de arrumação, destacando-se o espaço entre os bancos traseiros e cava das rodas traseiras que permite transportar objetos mais compridos. À frente, uma bagageira complementa a funcionalidade proporcionada pela ‘cama’ traseira de grandes dimensões.

O interior, de acordo com a marca, conta com materiais de elevada qualidade e um ambiente digital muito presente, não faltando uma tela central de grandes dimensões.
Prevista para chegar ao mercado americano na segunda metade de 2020, os seus preços arrancam nos 69.000 dólares, sendo já possível fazer uma reserva com um depósito de 1000 dólares.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemPick-up elétrica RT1 tem autonomia de 650 km

Publicado no Verdesobrerodas



Por Motor 24 conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário