Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sábado, 3 de novembro de 2018

Mobilidade autônoma de Israel será com veículos elétricos da VW


O Grupo Volkswagen, a Mobileye, subsidiária da empresa de tecnologia Intel, e a Champion Motors anunciaram planos de implantar o primeiro serviço de mobilidade com veículos autônomos de Israel – ou Mobility-as-a-Service – MaaS (Mobilidade como Serviço) – a partir do próximo ano. 

Para isso, os parceiros planejam estabelecer uma joint venture. A cooperação planejada está sujeita à aprovação das autoridades e órgãos responsáveis.

Operando sob o nome de “Nova Mobilidade em Israel”, a proposta do grupo foi formalmente aceita pelo governo israelense durante uma cerimônia privada nesta segunda-feira, dia 29 de outubro de 2018, em Tel Aviv.

O Grupo Volkswagen fornecerá os veículos elétricos (EVs) e promete trazer seu profundo conhecimento e competência sobre design e implantação de serviços de mobilidade centrados no usuário. A Mobileye fornecerá seu Kit AV de nível 4 – uma solução pronta para uso, sem chave, composta de hardware, política de direção, software de segurança e dados de mapas. A Champion Motors administrará as operações de frota e o centro de controle. Juntas, as três empresas adicionarão a plataforma de mobilidade e os serviços, conteúdo e outras ferramentas do MaaS.

O governo de Israel se comprometeu a apoiar o projeto em três áreas principais: fornecimento de apoio legal e regulatório, compartilhamento da infra-estrutura e dados de tráfego necessários e fornecimento de acesso à infraestrutura conforme necessário. Embora a operação “Nova Mobilidade em Israel” seja o primeiro serviço comercial MaaS de Israel com veículos autônomos, todas as facilidades e decisões do poder público serão estendidas a todos os outros empreendimentos que desejam operar um programa MaaS em Israel.

O projeto começará no início de 2019 e será ampliado para comercialização até 2022.
A iniciativa aproveita o poder disruptivo de várias tendências na indústria automotiva: plataformas de veículos autônomos mudando a maneira como dirigimos os carros; veículos elétricos mudando a forma como movemos nossos automóveis, e a Mobilidade como serviço, mudando a forma como acessamos a mobilidade urbana na cidade.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemMobilidade autônoma de Israel será com veículos elétricos da VW

Publicado no Verdesobrerodas



Por Adamo Bazani conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário