Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Délhi indicia testes com ônibus 100% elétricos


O governo de Délhi, segunda maior e mais importante cidade da Índia e capital do país, iniciou neste sábado, dia 3 de novembro de 2018, um teste com um ônibus totalmente elétrico. A finalidade é promover o transporte público livre de poluição na capital.

A medida acontece em um momento em que o governo local alega ter iniciado vários planos de ação, já que a região sofre atualmente com níveis críticos de poluição atmosférica.

O departamento de transporte já começou a construção de dois terminais de ônibus elétricos para ajudar a mitigar o problema, afirmou o conselheiro do governo de Délhi, Gopal Mohan. O governo afirma que o teste iniciado neste sábado é parte de um estudo detalhado de avaliação da viabilidade técnica de um sistema de ônibus elétricos. O teste de funcionamento do ônibus totalmente elétrico, com piso baixo e equipado com ar-condicionado, foi formalmente lançado neste sábado pelo ministro dos Transportes, Kailash Gahlot.

O ônibus é produzido pela empresa chinesa Foton Motor, e tem capacidade para 33 assentos. O veículo vem equipado com recursos de segurança, como quatro câmeras de CCTV com botão de pânico, além de carregador rápido DC, capaz de abastecer o ônibus com carga total em 30 minutos. “O teste de campo é parte do detalhado estudo de avaliação de viabilidade técnica dos ônibus elétricos que estão sendo executados pela Consultoria de Projetos nomeada pelo governo de Délhi em julho deste ano, o Delhi Integrated Multi-Modal Transit System (Sistema de Trânsito Multi-Modal Integrado de Delhi, sigla em inglês DIMTS) “, disse Gahlot.

Segundo o governo, diversos fabricantes globais de ônibus elétricos foram consultados e modelos de operações de ônibus elétricos nas principais cidades do mundo também foram estudados. Além disso, o governo da capital enviou uma delegação do departamento de transporte para Pequim e Shenzhen, na China, para estudar como as cidades implantaram, com sucesso, sistemas de ônibus elétricos em grande escala. “Esperamos que alguns outros fabricantes forneçam seus mais recentes modelos de ônibus elétricos para testes nos próximos dias “, disse Gahlot.

O ônibus AC PMI-Foton está equipado com uma bateria DC de carregamento rápido de 124 KWH. Seu consumo de energia equivale a cerca de 1,2 KWH por km, e ele pode viajar mais de 220 quilômetros todos os dias com uma única carga. O departamento de transporte já começou a construir terminais de ônibus elétricos em Délhi, com a conclusão prevista até junho de 2019. O primeiro lote de ônibus elétricos deverá ser implantado para operações até julho de 2019.

O governo de Délhi irá incorporar 1.000 ônibus elétricos à frota do transporte público local sob um modelo de parceria público-privada. O governo afirma que o custo de operar ônibus elétricos será menor do que o de um ônibus de piso baixo, com ar-condicionado, movido a gás natural comprimido.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemDélhi indicia testes com ônibus 100% elétricos

Publicado no Verdesobrerodas



Por Adamo Bazani conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário