Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Outlander PHEV é aprovado em teste de homologação


O renovado Mitsubishi Outlander PHEV já foi classificado segundo o ciclo WLTP. O SUV da Mitsubishi é um dos primeiros híbridos a ser classificado segundo os novos testes de homologação.

A Mitsubishi anunciou que o Outlander PHEV já foi testado e certificado de acordo com os testes de homologação WLTP, assumindo-se como um dos primeiros híbridos plug-in a estar em conformidade com o novo protocolo.

O SUV japonês anuncia de acordo com o WLTP emissões de CO2 de 46 g/km (na medição segundo o NEDC as emissões ficaram nas 40 g/km). Já em relação à autonomia em modo 100% elétrico do híbrido plug-in da Mitsubishi os resultados ficaram-se nos 45 km, contra os 54 km alcançados em NEDC.

Na versão de 2019 o Mitsubishi Outlander PHEV também recebeu novidades mecânicas, ao estrear um novo motor a gasolina de 2,4 l com o sistema MIVEC. Este sistema permite ao Outlander alternar entre os ciclos de combustão Otto e Atkinson de acordo com os modos de condução utilizados.

O novo motor do SUV da Mitsubishi trouxe um aumento de potência e do binário. O novo 2,4 l debita 135 cv, um acréscimo de 14 cavalos face ao antigo motor 2.0 que apenas oferecia 121 cv, e oferece um binário de 211 Nm contra os 190 Nm de binário do antecessor.

Também o motor elétrico (acoplado às rodas traseiras) viu a potência subir, passando a oferecer 95 cv, e está acoplado a uma nova bateria de 13,8 kWh. Para além das melhorias ao nível do motor o Outlander PHEV 2019 recebeu uma nova afinação nos amortecedores e dois novos modos de condução: o “modo desportivo” e o “modo neve” — o primeiro oferece melhor resposta à necessidade de aceleração e mais aderência, e o segunda melhora o arranque e a capacidade de curva em piso escorregadio.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemOutlander PHEV é aprovado em teste de homologação

Publicado no Verdesobrerodas



Por Razão Automóvel conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário