Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Europa vende um elétrico Leaf a cada 10 minutos


O Nissan Leaf pode não ser o elétrico mais rápido da Europa no asfalto, mas a sair dos stands ninguém o bate. A marca japonesa vende um Leaf a cada 10 minutos.

O Nissan Leaf pode não oferecer a performance de um Tesla, mas em termos de performance de vendas na Europa ninguém o bate. Lançada há cerca de um ano, a segunda geração do Leaf vendeu na Europa, só nos primeiros oito meses de 2018, 43 000 unidades, tendo já sido entregues 26 mil até ao final de agosto.

Os números de vendas alcançados estabeleceram o Leaf como o elétrico mais vendido da Europa conseguindo ainda bater os números de vendas dos híbridos plug-in. O país europeu onde o Nissan mais vende é na Noruega, onde consegue mesmo ser o carro mais vendido do mercado, independentemente do tipo de motorização.

De acordo com o que é avançado pelo site Insideevs a Nissan estima que as novas encomendas do elétrico estão a chegar a um ritmo de uma a cada dez minutos. Isto significa que a Nissan estará a conseguir vender mais de 4000 Leaf por mês.

O sucesso do elétrico da Nissan estende-se também a Portugal, onde nos primeiros cinco meses de 2018 a marca vendeu 765 unidades. Para teres uma ideia do sucesso do Leaf no nosso país, só em maio foram vendidos 220 Nissan Leaf, números que fizeram dele não só o elétrico mais vendido nesse mês como foram superiores aos das vendas de híbridos no mesmo período de tempo.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemEuropa vende um elétrico Leaf a cada 10 minutos

Publicado no Verdesobrerodas



Por Razão Automóvel conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário