Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sábado, 13 de outubro de 2018

Elétrico Model 3 da Tesla está entre os modelos mais seguros


A Tesla divulgou um relatório afirmando que o veículo Model 3 é o carro que oferece o menor risco de lesão aos ocupantes, em caso de acidente, já testado nos Estados Unidos. O elétrico está na lista dos modelos mais seguros já avaliados pela agência de segurança automotiva do governo norte-americano, a NHTSA.

A boa notícia agitou as mídias sociais, mas logo depois foi contestada pelo órgão de segurança federal.
Tudo isso acontece dias depois de Elon Musk, o CEO da Tesla, ter aceitado deixar o conselho da empresa por três anos para que um processo por suspeita de fraude no mercado de capitais fosse encerrado.

Na verdade, o documento afirma que o Model 3 é o carro em que os ocupantes têm a menor probabilidade de se machucar em todo o mundo. Lembrando que os testes de colisão incluem três avaliações de resistência e de capotamento para gerar a classificação geral. O Model 3 alcançou cinco estrelas em todas as provas, a nota máxima, junto com o Volvo S60, o Toyota Camry, o Honda Accord, o Honda Civic, o Volkswagen Jetta e o Ford Mustang.

Contudo, a NHTSA afirmou que não há como distinguir o desempenho de segurança além da classificação de cinco estrelas. Para o órgão, não há classificação mais segura dentro da categoria cinco estrelas. Mesmo assim, após a divulgação dos resultados, a Tesla não perdeu tempo e postou em seu blog que "os testes da NHTSA também mostram que o Model 3 tem a menor probabilidade de lesão de todos os carros que a agência de segurança já testou". 

O que imediatamente levou vários blogs e especialistas a publicarem que o carro seria o mais seguro de todos. A Tesla também informou que a sua avaliação foi calculada usando dados publicamente disponíveis. E que a montadora fez uso da média ponderada das pontuações de acidentes para calcular a pontuação de segurança do veículo.

A queda de braço entre o órgão regulador e a fabricante começou em novembro de 2013, quando a NHTSA impediu que as montadoras promovessem classificações de segurança com mais de cinco estrelas. A imposição veio três meses depois de a Tesla dizer que o Model S tinha 5,4 estrelas, baseado nos dados da própria agência de segurança americana.

Por fim, a NHTSA está considerando aplicar mudanças em seu programa de avaliação de acidentes e disse que precisa "ser modernizado para incentivar a adoção voluntária de recursos de segurança". A agência está considerando criar classificações de segurança para áreas de desempenho de veículos que não são atualmente classificadas. Pode ser o primeiro passo para que os carros mais seguros do mundo conquistem a sexta estrela.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemElétrico Model 3 da Tesla está entre os modelos mais seguros

Publicado no Verdesobrerodas



Por Auto Esporte conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário