Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sábado, 13 de outubro de 2018

Citroën continua avançando na mobilidade elétrifica


As marcas continuam a avançar no campo da eletrificação, algo que se explica pela necessidade de reduzir emissões, precaver-se contra possíveis restrições à circulação e também pelo crescente (embora ainda com valores residuais de venda) interesse dos consumidores pelos veículos elétricos. E agora a Citroën, pela voz da CEO Linda Jackson, deu a conhecer uma possível aposta da marca neste campo. Trata-se de um C1 elétrico, indicando que a probabilidade do citadino se tornar num modelo de emissões 0 é forte.

“Este segmento está a tornar-se cada vez mais pequeno, pelo que acho que temos de evoluir”, referiu Jackson à Automotive News Europe. E depois, quando questionada sobre qual será então o rumo a tomar, considerou que “acho que vai ser elétrico”. De momento pode tratar-se apenas de uma declaração de intenções da responsável máxima pelo Double Chévron, mas dentro de pouco tempo mais informações concretas devem surgir. Isto porque será decidido num prazo de doze meses qual o futuro do trio Citroën C1, Peugeot 108 e Toyota Aygo, desenvolvido em conjunto, para saber se haverá continuidade do projeto que fez nascer a segunda geração destes modelos em 2014.

Da parte da Toyota existe abertura para isso, como disse no Salão de Paris o Presidente da marca para o espaço europeu, Didier Leroy. Neste evento ele confirmou que “se encontrarmos uma estratégia conjunta, então podemos continuar. Se tivermos estratégias diferentes, isso será razão para parar”. A verdade é que para a marca japonesa, o citadino Aygo é considerado muito importante, com o CEO da Toyota Europe, Johan Van Zyl, a destacar principalmente a sua capacidade de captação de clientes mais jovens. Os números mostram também que este é um automóvel com boa colocação dentro do segmento, onde é o quarto modelo mais vendido, depois do Fiat 500, Fiat Panda e Volkswagen Up!.
 
VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemCitroën continua avançando na mobilidade elétrifica

Publicado no Verdesobrerodas



Por Motor 24 conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário