Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

domingo, 7 de outubro de 2018

Carregamento de VE em Portugal pagará entre € 5 e 10 por 100 km


A partir de 1 de novembro os carregamentos rápidos de veículos elétricos na rede Mobi.E vão começar a ser pagos, com os preços a oscilar entre os 5 e os 10 euros por 100 km, de acordo com as expectativas da Associação de Utilizadores de Veículos Elétricos (UVE), ou seja, 10 vezes mais do que num posto normal ou do que em casa. 

Henrique Sánchez, presidente da UVE, fala em 7000 veículos 100% elétricos em Portugal, um valor que duplica se somarmos os híbridos plug in. 

Apesar dos carros elétricos representarem apenas 1,2% do mercado automóvel português de carros ligeiros, até junho de 2018 foram vendidos 1868 veículos sem emissões, mais do dobro (156,2%) do que na primeira metade de 2017, de acordo com a ACAP – Associação Automóvel de Portugal.

No total, foram vendidos no ano passado 1640 veículos elétricos em Portugal. Renault e Nissan são as marcas que mais vendem carros elétricos em Portugal. 

Na primeira metade do ano, os franceses comercializaram 631 veículos sem emissões, mais 80,3% do que nos primeiros seis meses do ano passado; enquanto os japoneses venderam 608 elétricos, mais do triplo do que no período homólogo de 2017. A Smart é a terceira marca elétrica a nível nacional, tendo vendido 211 carros até junho, graças às versões a bateria dos modelos Fortwo e Forfour. Citröen e BMW fecham esta tabela com 156 e 152 veículos registados, respetivamente.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemCarregamento de VE em Portugal pagará entre € 5 e 10 por 100 km

Publicado no Verdesobrerodas



Por Dinheiro Vivo conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário