Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

VW cria plataforma para vender 150.000 carros elétricos em 2020


Com essa nova base o grupo VW pretende criar carros elétricos a preços mais acessíveis com o objetivo de vender por volta de 150.000 veículos desse tipo em 2020. Para 2022 haverá 27 modelos distintos dentro do grupo baseados na nova plataforma.

O Grupo Volkswagen apresentou na cidade alemã de Dresden sua chave para aproximar o veículo elétrico a todos os públicos.
Trata-se da plataforma modular de propulsão elétrica MEB, uma plataforma completamente nova, destinada exclusivamente aos futuros modelos elétricos de todo o grupo alemão e com a qual esperam popularizar esse tipo de alternativa com carros mais acessíveis.

Essa plataforma será o coração do novo Volkswagen I.D., que será o primeiro veículo de produção que utilizará essa plataforma que, segundo a marca, permitirá, por exemplo, instalar baterias maiores, melhorando a autonomia do carro, mas não ficará nisso. Segundo Christian Senger, responsável pela Mobilidade Elétrica da Volkswagen, permitirá que essas baterias não comprometam o espaço interior. “Graças à bateria plana no painel do solo, o veículo se agarra muito bem na estrada, e, além disso, o espaço interior é muito mais generoso. Em termos de amplitude, estamos fazendo importantes avanços”.

Esse projeto permitirá alimentar a família I.D. com novas baterias de alto rendimento de desenho modular e formato de células múltiplas, que poderão ser instaladas em diferentes modelos de diferentes tamanhos. Também chegarão com carga rápida que permitirá carregar 80% das baterias em meia hora graças a um sistema novo e desenvolvido pelo grupo alemão.

A Volkswagen está tão convencida da tecnologia e inovação aplicada a essa nova plataforma que não tem dúvidas em afirmar que a MEB “é um dos projetos mais importantes da história da Volkswagen. Um marco tecnológico similar à transição do Beetle ao Golf”. Todas as plantas da Volkswagen na Alemanha estão implicadas de alguma maneira no desenvolvimento dos futuros modelos que utilizarão a MEB como plataforma, e de fato esperam que ao redor de 10 milhões de veículos de todo o Grupo estejam baseados nessa plataforma somente na primeira onda prevista.

Assim, segundo Senger, para o final de 2022 quatro marcas do Grupo Volkswagen terão lançado 27 modelos com a plataforma MEB em todo o mundo, entre os quais haverá desde compactos até modelos menos convencionais como o esperado Bulli.

VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemVW cria plataforma para vender 150.000 carros elétricos em 2020

Publicado no Verdesobrerodas



Por PlanetCarsz conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário