Este espaço é reservado a quem acredita na mobilidade sustentável e queira se juntar aos números abaixo:

* mais de UM MILHÃO de acessos ; * lido por mais de DEZ países, * mais de DEZ MIL postagens, * postagens (blog e mídias sociais) durante os 365 dias do ano, * newsletters semanal, * parcerias com eventos no Brasil e exterior. Clique AQUI para saber mais.

sábado, 1 de setembro de 2018

Rota 2030 pode facilitar a venda de modelos elétricos no Brasil


Agora que o Rota 2030 terá incentivos para carros elétricos e híbridos, o Renault Zoe fica mais próximo do nosso mercado. A fabricante trouxe algumas unidades para ações especiais, mas não esperava vendê-lo por conta dos impostos. Só que o compacto elétrico apareceu na tabela 2018 do Inmetro, revelando o consumo médio de cinco versões e dois tipos de bateria.


De acordo com o Inmetro, o Renault Zoe teria cinco versões: Life, Intens, Life LR, Intens LR e Ultimate LR. As duas primeiras são do hatch com a bateria que dá uma autonomia de 317 km, enquanto as demais, chamadas LR (Long Range), tem baterias melhores e uma autonomia de 370 km. Ambos contam com 90 cv de potência, 22,4 kgfm de torque e 135 km/h de velocidade máxima. O Ultimate é uma versão especial vendida em alguns mercados em parceria com a Bose.


O teste para o programa de etiquetagem determinou que o Zoe faz o equivalente a 32,2 km/l na cidade e 26,7 km/l na estrada nas versões Life e Intense normais, enquanto os modelos LR fariam 31,9 km/l e 26,9 km/l, respectivamente, uma leve perda por conta do peso.


Em conversas com executivos da Renault, reportagem do Motor1.com apurou que as definições do Rota 2030 abriu a real possibilidade da marca francesa comercializar sua gama elétrica no Brasil. Vale lembrar que a Renault foi uma das primeiras a trazer carros 100% elétricos ao país, caso sedã Fluence ZE, do utilitário Kango ZE e também do pequeno Twizy. 


É grande a possibilidade do elétrico Zoe ser um dos protagonistas da Renault no Salão do Automóvel deste ano.


VerdeSobreRodas, o ponto de encontro com a mobilidade sustentável

PostagemRota 2030 pode facilitar a venda de modelos elétricos no Brasil

Publicado no Verdesobrerodas



Por Motor1 conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário